Exposição “100 presépios no Vaticano” terá obras ambientadas na guerra

A Natividade recriada no porão de uma estrutura em Mariupol, criada pela irmã Theodosia Polotniuk, é um dos mais de 100 presépios que estarão em exposição sob a colunata de Bernini, na Praça São Pedro. A inauguração será realizada nesta quinta (8) e a mostra pode ser visitada gratuitamente até 8 de janeiro de 2023.

Exposição “100 presépios no Vaticano” terá obras ambientadas na guerra, Jornal O São Paulo
Foto: Vatican Media

Para preparar os corações neste Advento para a chegada do Natal, o Vaticano inaugurou no último sábado (3) o presépio e a árvore de Natal na Praça São Pedro e, na próxima quinta-feira (8), está prevista a inauguração da quinta edição da exposição internacional “100 presépios”. A mostra, que reúne obras de arte criadas por artistas de todo o mundo ao representar cenas da Natividade de Jesus, volta para o espaço evocativo abaixo da colunata de Bernini, na Praça de São Pedro.

120 presépios do mundo

O famoso cenário acolhe neste ano 120 presépios provenienes de vários países europeus, como Ucrânia, Hungria, Malta, Eslovênia, Eslováquia, Croácia, e de todo o mundo, como Taiwan, Venezuela e Guatemala. Muitas dessas nações são representadas por suas respectivas embaixadas junto à Santa Sé, que se encarregaram de promover o evento em seus países.

Os mais de 100 presépios sintetizam a inspiração e a imaginação dos artistas, que os fizeram com materiais diferentes, como jornais, tecidos, cortiça, madeira, cerâmica e terracota. Em grande parte acabaram sendo os desafios e as crises da vida contemporânea que tocaram a sensibilidade e a imaginação dos artistas.

A inspiração também nasce dos dias de guerra

De fato, também serão exibidos presépios ambientados em zonas de guerra, como o criado na Ucrânia pela irmã Theodosia Polotniuk do exarcado de Donetsk. No centro da obra está a Natividade recriada no porão de uma estrutura que lembra a planta metalúrgica da Azovstal’, em Mariupol. Os presépios também incluem artefatos que trazem à tona a emergência climática e a tragédia da migração no Mediterrâneo, como o criado pela Fundação Romana Villa Maraini, uma casa de reabilitação para jovens viciados em drogas. Haverá também algumas estátuas de um presépio monumental de Viterbo e obras produzidas por várias associações de presépios italianos.

A exposição vai estar aberta à visitação por cinco semanas: de 8 de dezembro de 2022 a 8 de janeiro de 2023, das 10h às 19h30, todos os dias. A entrata é gratuita e não é necessário fazer reserva. Nos dias 24 e 31 de dezembro, a mostra termina mais cedo, às 17h. Os voluntários do Dicastério para a Evangelização do Vaticano estarão presentes no local para oferecer ajudar no que for preciso.

A inauguração da mostra

A Exposição “100 presépios no Vaticao” será inaugurada, então, na quinta-feira, 8 de dezembro, às 16h na Itália (12h no Horário de Brasília), por dom Rino Fisichella, juntamente com membros do Dicastério para a Evangelização, Seção para Questões Fundamentais de Evangelização no Mundo. Uma representação da Embaixada da Ucrânia junto à Santa Sé estará presente, com alguns membros da comunidade animando o evento com tradicionais canções ucranianas de Natal. A banda musical da Gendarmeria do Estado da Cidade do Vaticano também estará na abertura interpretando com algumas canções oficiais.

Fonte: Vatican News

Leia mais
Colocação de presépios em espaços públicos continua a gerar polêmica no México

Deixe um comentário