Sínodo sobre a sinodalidade será estendido até 2024

Processo iniciado em 2021 com uma escuta às dioceses será concluído em duas sessões da assembleia sinodal que ocorrerão nos próximos dois anos, no Vaticano.

Sínodo sobre a sinodalidade será estendido até 2024, Jornal O São Paulo

O Papa Francisco anunciou na manhã deste domingo, 16, que o caminho sinodal iniciado em outubro de 2021 vai ser prolongado por mais um ano, com a realização de duas sessões do Sínodo, em 2023 e 2024.

“Com o objetivo de dispor de um tempo de discernimento mais prolongado, determinei que esta assembleia sinodal vai decorrer em duas sessões: a primeira de 9 a 24 de outubro de 2023, e a segunda em outubro de 2024”, disse o Pontífice, da janela do Palácio Apostólico, após a oração do Angelus.

O Santo Padre recordou que a 16ª Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos com o tema “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”, começou em outubro de 2021, com um processo inédito de “escuta e discernimento”, de forma descentralizada, no âmbito de cada diocese, seguido de encontros continentais que vão decorrer nos próximos meses.

“Os frutos do processo sinodal em curso são muitos, mas para que cheguem ao seu pleno amadurecimento, é necessário não ter pressa”, assinalou Francisco.

O Papa deixou votos de que “esta decisão possa favorecer a compreensão da sinodalidade como dimensão constitutiva da Igreja e ajudar todos a vivê-la num caminho de irmãos e irmãs, que testemunham a alegria do Evangelho”.

LEIA TAMBÉM:
Dom Odilo ‘O Sínodo não é um parlamento, mas um caminho de escuta iluminado pelo Espírito Santo’

Discernimento prolongado

sinodalidade
Foto: Vatican Media

Em comunicado publicado logo após o anúncio do Papa, a Secretaria Geral do Sínodo explicou que a decisão de estender o processo em mais um ano “decorre do desejo de que o tema da Igreja Sinodal, devido à sua amplitude e importância, possa ser objeto de um discernimento prolongado não só pelos membros da Assembleia Sinodal, mas por toda a Igreja”.

“Esta escolha está em continuidade com o atual percurso sinodal, ao qual o próprio Papa referiu-se esta manhã. O Sínodo não é um acontecimento, mas um processo, no qual todo o Povo de Deus é chamado a caminhar juntos em direção áquilo que o Espírito Santo o ajuda a discernir como sendo a vontade do Senhor para a sua Igreja”, indica o comunicado, enviado às conferências episcopais e organismos eclesiais continentais.

A Secretaria do Sínodo adiantou que o modelo de celebração das duas sessões da 16ª Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos vai ser definido em breve.

Após a primeira fase deste processo sinodal, chegaram ao Vaticano relatórios 112 das 114 Conferências Episcopais e das Igrejas Católicas de ritos orientais, que vão inspirar o documento orientador para a etapa continental, até às assembleias sinodais marcadas entre janeiro e março de 2023.

Deixe um comentário