Altas temperaturas demanda cuidados redobrados no passeio com pets

Patinhas com queimaduras, queda de pressão, leptospirose, choque térmico, entre outros riscos que o animal está exposto durante o calor.

Reprodução da Internet

Nas estações mais quentes do ano, os animais sofrem com o calor e necessitam de cuidados especiais tanto quanto os seres humanos.

Segundo a veterinária Caroline Mouco, diretora da rede de serviços veterinários Vet Popular, é comum surgir procedimentos emergenciais no hospital por conta do calor e da falta de informação do tutor: “Muitos animais chegam no hospital com problemas graves que podem ser  100% evitados. Alguns deles podem trazer consequências sérias para a saúde do animal”, explica.

O primeiro cuidado é que as vacinas do animal estejam em dia caso haja algum tipo de contato com bactérias causadoras de zoonoses. Outro ponto importante é a higiene do ambiente em que o animal vive, focos de água parada, restos de comida, entre outros podem ajudar na proliferação dos insetos. Além disso, há um aumento nos casos de leptospirose, causada pela urina de ratos e outros animais.  

Outro grande causador de desconforto em muitos animais são as queimaduras causadas pelo solo quente. As patinhas dos cães não são resistentes a altas temperaturas e podem sofrer queimaduras graves. “O ideal é passear pela manhã, fim de tarde e noite. A partir das 10h até as 16h o sol aquece demais o solo e causa queimaduras extremamente graves nas patas dos animais”, alerta a veterinária.

Além disso, quando o pet fica exposto a locais extremamente quentes, sem proteção, podem sofrer com quedas bruscas de pressão, sofrendo com desmaios, vômitos e náuseas. Durante viagens e passeios, o animal deve ter água fresca para não se desidratar e um local arejado para descansar, já que é normal que ficarem mais cansados em dias quentes. O Ar condicionado do carro ou do ambiente também se torna um problema quando entram em contato com a temperatura alta. Isso pode causar gripes, resfriados, entre outros problemas de saúde de animais com pré-disposição.

Fonte: www.hospitalvetpopular.com.br

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter