CRB realiza momento orante pelo Brasil

Movimento solidário e com participantes de diferentes expressões de fé foi iniciado na noite da sexta-feira, 19

A Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), que reúne todos os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica, iniciou na noite da sexta-feira, 19, um amplo movimento orante pelo País.

“Vivemos um momento crucial de grande sofrimento, principalmente dos mais pobres e vulneráveis, face à expansão da pandemia, devido ao comportamento inadequado do governo, na condução das ações necessárias para proteger a população, na falta de ação governamental rápida na aquisição das vacinas e sua produção por instituições nacionais. ‘O povo não pode pagar com a própria vida, como diz a nota do ‘Pacto pela vida e pelo Brasil, assinada por importantes segmentos da nossa sociedade”, afirma a Irmã Maria Inês, presidente da CRB.

Irmã Maria Inês afirma que cada pessoa também é responsável, não só assumindo, pessoal e coletivamente, as devidas orientações sanitárias, como também a promover ações solidárias por meio de gestos concretos de ajuda humanitária, principalmente alimentos, entre os mais próximos de cada um, em diferentes realidades, bairros e comunidades.

“Olhemos ao nosso redor e juntemos às iniciativas em desenvolvimento. É hora, também, queridos irmãos e irmãs, de nos unirmos em oração pelo Brasil, incluindo os que mais estão sofrendo, nos leitos, em casa ou nos hospitais, na fome, no desemprego, no luto, na exclusão e no desespero!”, diz a irmã.

Momento Orante Solidário

Na  noite da sexta-feira, 19, na Solenidade de São José, a CRB promoveu um momento orante e de compromisso solidário, com a participação de diferentes expressões de fé e denominações religiosas.

“Unamo-nos afastando de nós as divisões, os conflitos e as discriminações e irmanemo-nos numa grande orquestração para o bem, implorando a misericórdia e a proteção divinas sobre nosso país. Que neste dia e hora, todas as Igrejas toquem seus sinos, os evangélicos entoem seus hinos, os budistas seus instrumentos de som, os espíritas e todos, a querida oração de São Francisco, os grupos de matriz africana seus tambores, cânticos e danças”, exortou a Irmã Maria Inês.

O gesto concreto será em favor dos irmãos e irmãs de rua e será concluído no Domingo de Páscoa.

Fontes: CRB e CNBB

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter