Diácono seminarista Alysson Carvalho conta as vivências da missão em São Sebastião Barros (PI)

Ordenado em dezembro de 2022 pelo Cardeal Scherer, ele está em uma paróquia na Diocese de Bom Jesus do Gurguéia

“Os fiéis são extremamente acolhedores e generosos. Dificilmente saio de alguma visita sem levar algum tipo de alimento, como mandioca, feijão, galinha ou frutas. O pouco que eles têm, fazem questão de nos oferecer”.

É este clima acolhedor que o Diácono seminarista Alysson Carvalho tem encontrado na Paróquia Santa Luzia, em Sebastião Barros (PI), desde o início deste mês quando iniciou seu período de missão na  Diocese de Bom Jesus do Gurguéia (PI).

Além dele, está em missão nessa Diocese o Diácono seminarista Yago Barbosa, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Monte Alegre (PI). Ambos receberam a ordenação diaconal em dezembro de 2022 pela imposição das mãos do Cardeal Scherer, Arcebispo de São Paulo.

Um povo de grande devoção, mas com necessidades catequéticas

A Paróquia Santa Luzia é composta por 14 comunidades rurais. No município onde está a igreja matriz, Sebastião Barros, vivem cerca de 4 mil pessoas.

“A expressão eclesial nesta região é devocional, marcada por alguns desafios, sobretudo em matéria de catequese e sacramentos. A maioria dos fiéis não comunga, pois está em segunda união ou não busca a Confissão. A devoção aos santos padroeiros garante a participação dos fiéis nos festejos e atos devocionais”, comenta o Diácono seminarista Alysson. 

Para ele, um dos maiores desafios é que os fiéis tenham uma participação consciente e plena nos sacramentos: “Muitos necessitam de um processo de catequese, que ajuda a criar senso de comunidade em suas capelas”.

O Diácono seminarista Alysson comentou o quanto essa missão em outra diocese tem feito a diferença em sua trajetória rumo à ordenação sacerdotal.

“Esta experiência marca profundamente esta etapa final de preparação para o ministério sacerdotal,  na medida em que  ajuda a cultivar no coração o desejo ardente de anunciar a Palavra de Deus em todos os lugares”. 

A Diocese de Bom Jesus do Gurguéia (PI).

A Diocese de Bom Jesus do Gurguéia (PI) pertence à Província Eclesiástica de Teresina (PI), tendo sido criada como prelazia em 18 de junho de 1920 e elevada à dignidade de diocese em 3 de outubro de 1981. Atualmente, o Bispo é Dom Marcos Antônio Tavoni. 

A Diocese abrange uma área de 51.543 km2, dividida em 24 paróquias com diversas comunidades. A circunscrição tem uma população de 186 mil habitantes, sendo 79,4% católicos. 

Ao todo, há 38 padres (34 diocesanos e quatro religiosos). Os dados referentes a 2021 indicam um diácono permanente, quatro religiosos não ordenados e quatro religiosas consagradas.

guest
1 Comentário
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Maria leonor lima
Maria leonor lima
10 meses atrás

No mundo em que vivemos de violências sequestro feminicidios….ler uma reportagem dessas de um jovem em missão em um lugar totalmente da realidade, me deixa muito feliz e com um fio de esperança de que nem tudo esta perfido. Parabéns que Deus te abençoe grandemente. 🙏🙏