Edições CNBB lança os Parâmetros Básicos para a Formação do Laicato

De acordo com bispo da diocese de Tocantinópolis (TO) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato da CNBB, dom Giovane Pereira de Melo, o objetivo dos parâmetros é oferecer os referenciais, a partir de eixos e critérios importantes para a formação do laicato no Brasil

CNBB

A Edições CNBB acaba de publicar os Parâmetros Básicos para a Formação do Laicato – a formação como exigência humana, cristã, espiritual, do Reino, no Volume 4 da Coleção Sal e Luz, da Edições CNBB. De acordo com bispo da diocese de Tocantinópolis (TO) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato da CNBB, dom Giovane Pereira de Melo, o objetivo dos parâmetros é oferecer os referenciais, a partir de eixos e critérios importantes para a formação do laicato no Brasil, traduzido em linguagem sucinta, direta e acessível.

A publicação, segundo dom Giovani, oferece parâmetros contextualizados com a nova conjuntura mundial de realidade pandêmica, com o avanço da sociedade de comunicação e mídias digitais e que incluem todas as inovações trazidas nos documentos do magistério do Papa Francisco.  “O documento quer garantir uma base comum às dioceses assegurando também a autonomia de cada realidade”, disse.

Dom Giovani chama a atenção, na apresentação dos parâmetros, que não se trata de conteúdos programáticos e processos pedagógicos fartamente encontrado nos documentos eclesiais, mas de pressupostos, eixos transversais e critérios a serem observados tendo em vista uma autêntica formação de cristãos leigos e leigas, sujeitos na Igreja e no mundo.

Pressupostos e eixos transversais

A primeira parte do documento trata dos pressupostos e eixos transversais. Um dos pontos abordados é a “mística Crística e eclesial como fonte”, o “humano como lugar”,  a ” fé e a realidade como dinâmicas”, o “Reino de Deus como horizonte”, o “diálogo como caminho” e a “contemplação e a ação como exigências”. A segunda parte dos pressupostos organiza os critérios gerais que precisam estar presentes na formação dos leigos: hermenêuticos, históricos-sociais, teológicos, eclesiológicos e pedagógicos, seguidos de indicações bibliográficas.

“O próximo passo que estamos encaminhando são as estratégias para fazer estes parâmetros serem recepcionados pelas Igrejas locais e serem assumidos pelos movimentos e expressões laicais do Brasil”, disse.

Os parâmetros defendem ser necessário uma formação específica para os cristãos leigos e leigas para que possam ter uma incidência significativa nos diferentes campos eclesiais, sociais e políticos.

Encontro o seu exemplar aqui:
Parâmetros Básicos para a Formação do Laicato – a formação como exigência humana, cristã, espiritual, do Reino, no Volume 4 da Coleção Sal e Luz, da Edições CNBB.

(Com informações de CNBB)

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter