Representante da Caritas Suiça descreve situação do sul da Bahia como ‘dramática e preocupante’

Representante da Caritas Suiça descreve situação do sul da Bahia como ‘dramática e preocupante’, Jornal O São Paulo
Foto: Cáritas Brasileira

Há três dias integrando a comitiva que está visitando as cidades e áreas mais afetadas pelas enchentes no sul da Bahia, a gestora do Programa Brasil da Cáritas Suíça, Rebekka Reischmann,  expressa as suas impressões  da realidade que viu  após as chuvas.

“Depois das primeiras visitas à Ilhéus e Itabuna realmente a gente percebe, mesmo depois de ter visto as imagens na televisão, toda a destruição causada pela água. Realmente é uma situação dramática, muito séria e preocupante”, afirmou.

Ela afirma ter visto muitas casas destruídas e ruas inteiras que não têm mais nada. “Trata-se de uma situação muito séria, a gente precisa realmente juntar todas as forças disponíveis para garantir que estas casas e a vida destas milhares de famílias possa ser reconstruída o quanto antes”, conta.

De acordo com a última atualização da Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec), já são 37.324 desabrigados, 53.934 desalojados, 24 mortos e 434 feridos. O número total de atingidos chega a 629.398 pessoas.

O especialista para Emergências Rápidas da ECHO/União Europeia para as Américas, Roman Maicher, também integra a comitiva da qual fazem parte membros da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Cáritas Brasileira e do Unicef  Brasil. A  agenda se estende até o dia 8 à região impactada pelas chuvas no Sul da Bahia.

#SOS Bahia e Minas Gerais

A ação se soma à Campanha #SOS Bahia e Minas Gerais: Solidariedade Que Transborda, realizada desde o dia 11 de dezembro de 2021 pela Cáritas Brasileira e pela CNBB. Os recursos arrecadados serão destinados ao apoio às pessoas afetadas pelas fortes chuvas na Bahia e em Minas Gerais.

Fonte: CNBB

Deixe um comentário