Como é feita a escolha dos diáconos permanentes?

O Nilso Nepomuceno, da Vila Mariana, está com a seguinte dúvida: “Quem pode ser escolhido para se tornar diácono? Tem que fazer um curso pra isso?”. 

Meu irmão, para qualquer vocação, seja o diaconato, seja o sacerdócio, a iniciativa é de Deus e não dos homens. Nesse sentido, Deus escolhe, chama, capacita e envia em missão. Assim, a escolha e o chamado são feitos. A Igreja os acolhe, eles se preparam, são ordenados pelo bispo e assumem o serviço aos pobres e à evangelização.

Na Arquidiocese de São Paulo, os diáconos devem ser casados, ter estabilidade financeira e a autorização da esposa e dos filhos para exercer esse ministério. Após passarem por um curso de graduação na PUC-SP, com duração de cinco anos, cujo currículo contempla disciplinas de Filosofia e Teologia, além de formação paralela na Escola Diaconal e inserção ativa na vida pastoral de uma paróquia, são solenemente ordenados (desde que, nesta ocasião, tenham entre 40 e 65 anos de idade, e, pelo menos, dez anos de vida matrimonial). O Arcebispo, então, os nomeia para diferentes serviços na Arquidiocese, particularmente nas paróquias.

Vale recordar que há, digamos assim, duas formas de diaconato: diaconato transitório e diaconato permanente. O diaconato transitório antecede a ordenação sacerdotal e, portanto, se refere àqueles que cumprem uma caminhada no seminário em vista de um dia se tornarem padres, razão pela qual, na nossa Arquidiocese, são chamados de diáconos seminaristas. Por sua vez, o diaconato permanente é destinado aos leigos casados, e possui esse nome porque aqueles que o exercem o fazem de forma permanente.  

O serviço da caridade, a pregação do Evangelho e a administração dos sacramentos do Batismo e do Matrimônio são conferidos aos diáconos como parte de sua missão.

Resta exaltar aqui a dignidade deste ministério. Na Arquidiocese de São Paulo, ele é de grande ajuda na evangelização da cidade. Meu irmão, aprofunde mais este tema com o seu pároco.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter