Vamos assumir a liderança em 2021?

Fevereiro chegou e não podemos mais procrastinar! A família é prioridade e a formação dos filhos é dinâmica, acontece no convívio diário, nos diferentes ambientes que frequentam e, num piscar de olhos, podemos nos perder se não estivermos focados nisso!

Vocês podem me perguntar: “Por que nos perderíamos? Afinal, estamos sempre juntos, convivemos até que bastante, ainda mais agora que muitos ainda se encontram em home office

Talvez você não tenha se dado conta de que, às vezes, nos preparamos menos para aquilo que fazemos com mais frequência ou mais naturalidade. Muitas vezes, temos a impressão de que formar os filhos é algo que sabemos, a princípio, que basta repetir a experiência que tivemos em nossa família de origem se a acharmos boa, ou fazermos completamente diferente se a considerarmos ruim. Por outro lado, provavelmente, você identifica que educar os filhos hoje é muito desafiador, que existem muitas variáveis que geram dúvidas, muitas opiniões e técnicas que não existiam antes e que causam insegurança na hora de decidir o que permitir ou não, como lidar com uma dificuldade do filho ou algum comportamento inadequado.

O problema principal é não haver clareza sobre os valores, os princípios que cada família vive e quer transmitir aos seus filhos e aí, com a enxurrada de informações e condutas disponíveis na internet, confusão à vista. Como consequência disso, filhos perdidos. 

Então vamos lá: o primeiro passo é a consciência de que a missão de “formar os filhos” é de responsabilidade dos pais. Todos os outros – escola, avós, babás, empregadas – são coadjuvantes no processo, o protagonismo é de vocês.

Para liderar essa equipe tão importante, é preciso formação também. Sim, não basta nossa experiência de filhos para educar os nossos filhos. O mundo mudou, as circunstâncias estão bastante diferentes e os desafios maiores. Hoje, poucas são as famílias que contam com um dos pais dedicados a acompanhar a rotina dos filhos, a maioria trabalha fora e trabalha muito. Os meios de comunicação são rapidíssimos e há uma infinidade deles, a internet está disponível em quase todos os ambientes e se tornou uma influência importante na formação dos filhos. As escolas e os métodos de ensino são muitos e bem variados; por isso, é preciso escolher com critérios qual instituição vamos eleger como parceira nessa missão tão fundamental. 

Se estiverem convictos de que essa missão é de vocês, então vamos ao passo seguinte: identificar os valores e princípios que são inegociáveis. Quais são os que não é possível abrir mão, aqueles que são a grande herança que deixarão aos filhos? Sabem dizer isso com clareza?

Hoje estamos em uma sociedade que nos oferece as mais diferentes possibilidades de felicidade, e isso nos confunde. Buscar a felicidade é algo intrínseco ao ser humano: todos queremos ser felizes e, com certeza, todos queremos os filhos felizes. 

A questão que precisa ser exposta, no entanto, é: para você, como se alcança a felicidade?

Aqui estão escondidos os valores e princípios que conduzirão a formação que oferecerá aos seus filhos. Se você não tiver clareza disso, correrá o risco de, “mirando” na felicidade deles, conduzi-los a uma vida sem propósito, sem sentido, que acaba por tornar qualquer pessoa verdadeiramente infeliz.

A felicidade se alcança quando vivemos uma vida com sentido, quando somos capazes de descobrir nossa vocação e vivê-la com liberdade. Muitos hoje vivem confusos entre felicidade e prazer, felicidade e falta de sofrimento, felicidade e vida cômoda. 

Vamos iniciar essa liderança identificando com clareza esses princípios e valores. Eles nos darão condições de estabelecer metas para essa equipe tão preciosa. Coloque-os no papel, pense sobre eles e examine: sua família está sendo coerente com esses valores, está conseguindo vivê-los no cotidiano?

Vamos lá! Seus filhos são seu bem mais valioso, sua equipe mais importante. Assumir essa liderança com excelência vale todo o esforço!

Colunas Relacionadas

spot_img

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Colunas

Assine nossa Newsletter