Os mitos educativos: a arte de aprisionar os pais e impedir o crescimento saudável dos filhos

A cada dia que passa, fico mais impressionada com a paralisia que acomete os pais em relação ao processo educativo dos filhos.  Sem dúvida nenhuma, houve tempos complicados no que diz respeito às relações familiares, em que pais exerciam o mando por meio de atitudes autoritárias e pouco afetivas. Se olharmos para a história, veremos que isso fazia parte de toda uma condição sociocultural específica e de uma visão reduzida do que é a criança e de como se dá … Leia mais

E se o sofrimento bate à porta?

Esta semana, vivi a experiência de acompanhar de perto uma situação bastante triste: pais que receberam um diagnóstico de uma doença grave do filho de 5 anos, que terão que submetê-lo a um tratamento pesado (que ainda nem sabem bem qual será). Eles não sabiam como dizer à criança o que estava acontecendo.  Claro que uma situação grave como essa, poucas vezes se apresenta na vida das pessoas. Mas, acompanhando famílias há muito tempo, percebo que uma das maiores dores … Leia mais

Convívio familiar: tempo de qualidade ou tempo em quantidade; como equilibrar a equação?

Sei que estamos vivendo tempos complicados no que diz respeito às necessidades de trabalho e o ritmo que o trabalho profissional assume. Que temos diferentes realidades familiares: mães solteiras, pais separados, famílias que dependem da renda de ambos para sobreviver, mães que têm a renda maior na casa, enfim… inúmeras são as realidades, as circunstâncias e as necessidades.  Dito isso, entro agora no assunto em questão: muitos dizem que não importa a quantidade do tempo que os pais convivam com … Leia mais

Superproteção: um mal fantasiado de bem

Crianças nascem pequenas, frágeis, débeis, incapazes de sobreviver sem o cuidado dos pais ou de algum adulto que se responsabilize por elas e seu bem-estar. Diante dessa real fragilidade, os pais, rapidamente, ocupam o lugar de proteção de seus pequenos e assumem os cuidados necessários para que sobrevivam e possam crescer.  Há, no entanto, um limite tênue nesse movimento, que muitas vezes acaba passando despercebido. Para que eles verdadeiramente cresçam e se tornem pessoas autônomas, capazes de cuidar de si … Leia mais

O perigo do sentimentalismo na educação dos filhos

Há algum tempo, observo, com certa preocupação, um movimento dos pais de olharem para os filhos como espectadores. Conseguem descrever muitos comportamentos que estes têm, sem fazer a mínima ideia se devem ou não intervir, e como seria saudável fazê-lo.  Conversando com muitos pais e convivendo com as famílias, vejo que o que impacta e paralisa o movimento educativo paterno é o medo – medo de traumatizar, medo de errar, medo de deixar marcas inadequadas na vida dos filhos. Obviamente, … Leia mais

Eis que chegaram as férias

Aos poucos, a rotina vai voltando ao normal e estamos novamente em um período de férias escolares. Passamos dois anos em atividades escolares on-line, com desafios enormes de como conciliar a vida familiar com acompanhamento escolar e trabalho, mas, superado esse período, tivemos o primeiro semestre completo de aulas presenciais e, agora, chegamos às férias.  É muito importante olharmos para esse período como uma nova oportunidade. Um momento de promover experiências diferentes aos filhos e de readaptar a rotina da … Leia mais

Gravidez precoce: medo e dificuldade de evitá-la

Hoje em dia, um dos maiores medos dos pais de meninas é que elas engravidem precocemente. Antes o temor era de que as filhas mantivessem relações sexuais na adolescência, mas, ao longo dos últimos anos, muitos acabaram naturalizando essa realidade, como se isso se tratasse de um fato contra o qual não se pode lutar, e acabaram focando esforços a fim de evitar que engravidem precocemente. Estatisticamente no Brasil, a taxa de nascimentos de crianças filhas de mães entre 15 … Leia mais

Sobre as confusões educativas contemporâneas

Atendendo muitas famílias e tomando conhecimento de suas angústias educativas, senti-me movida a fazer uma breve análise do que leva as pessoas a buscar tantas e tão diferentes técnicas e teorias educativas. Temos disponíveis no mercado, especialmente no mercado on-line, as mais diversas propostas de intervenções educativas: a disciplina positiva, a comunicação não violenta, a cama compartilhada, a educação neurocompatível, enfim, seria difícil nomear todas as linhas educativas que se apresentam e acabam integrando não somente o imaginário, mas especialmente … Leia mais

Quem tem medo do Lobo Mau?

Como todos sabemos, o mal é parte integrante da vida. Muito do que nos acontece e permeia nossa vida são acontecimentos que não consideramos bons: doenças, problemas, discussões, desentendimentos, intrigas, morte, acidentes… enfim, aquelas ocorrências que evitaríamos se fôssemos capazes. No entanto, não é possível evitar a maior parte dessas ocorrências e, exatamente por isso, é necessário formar nossos filhos para poderem enfrentar com coragem, fortaleza e certa naturalidade tudo o que faz parte da vida. Chama a atenção o … Leia mais

Maternidade não é amizade

Cada dia chama mais a atenção a grande preocupação que as mães demonstram por serem amigas de seus filhos. É muito comum ouvirmos: quero que ele saiba que pode contar comigo sempre, quero que ele me conte tudo o que acontecer sem nenhum medo, quero ser a primeira em que ele busque apoio. Para alcançarem esse objetivo, as mães acreditam que é preciso estabelecer uma relação de amizade com os filhos e, tomam por conceito de amizade, aquela que desenvolvem … Leia mais