Com os olhos fitos em Belém

Com os olhos fitos em Belém

Eis que chegamos ao Natal do ano da pandemia; o Natal dos que sobrevivemos ao novo coronavírus, por meio de medidas de proteção contra a disseminação deste vírus letal. Desde março, seguimos treinando nossa esperança e descobrindo – dia após dia – que ter fé é motivo de grande alegria. Fomos desafiados e exercitar nossa confiança em Deus. Foi a misericórdia desse mesmo Deus que nos trouxe até aqui. Não foi o álcool em gel! Deus tem planos para nossa vida. Não façamos pouco desse nosso “estar aqui”! Que nossos olhos estejam agora voltados à gruta de Belém. Ali emana uma Luz que pode iluminar todo o universo criado. Não percamos de vista essa Luz!

São Paulo escreveu assim aos cidadãos de Filipos: “Fiquem sempre alegres no Senhor! Repito: fiquem alegres! Que a bondade de vocês seja notada por todos. O Senhor está próximo. Não se inquietem com nada. Apresentem a Deus todas as necessidades de vocês através da oração e da súplica, em ação de graças. Então, a paz de Deus, que ultrapassa toda compreensão, guardará em Jesus Cristo os corações e pensamentos de vocês” (Fl 4,4-7).

Certamente que nós conhecemos pessoas que perderam a alegria, que viveram tempos difíceis nestes dias de exceção. Ou, quiçá, nós mesmos tivemos de enfrentar situações que testaram nossas forças, que talvez nos tenham levado à linha limítrofe de nossa esperança, de nossa confiança em Deus, da imorredoura capacidade de superação. Sabemos, porém, que Deus “não despreza a mecha que ainda fumega” (Is 42,3b) e que a fé é nossa aliada na busca dos tempos novos que todos nós tanto sonhamos!

Não sejamos assintomáticos de solidariedade, altruísmo e disposição para salvar almas. A vida nova nasce agora! Desejo um Natal com menos Papai Noel e mais Jesus Cristo! Maranathá! Vem, Senhor Jesus! Um feliz e abençoado Natal do Senhor a todos! E que o Ano Novo nos encontre mais fortes, “vacinados” e comprometidos com o Reino de Deus!

Colunas Relacionadas

Com os olhos fitos em Belém

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Colunas

Assine nossa Newsletter