A blasfêmia ou pecado contra o Espírito Santo

10º Domingo do Tempo Comum – 06/06/2021

Os escribas e fariseus tinham inveja de Jesus, pois o povo o seguia. Não podendo superá-lo com argumentos, procuravam desmoralizá-lo com calúnias: “Eis um comilão, bebedor de vinho, amigo de publicanos e pecadores!”; “Ele não vem de Deus, pois não observa o sábado” (Jo 9,16) etc. Jesus os tolerou com paciência, até que foram longe demais.

Ao afirmarem que os exorcismos realizados pelo Senhor seriam obra do próprio demônio, extrapolaram o simples ressentimento e denegriram o que era manifestamente bom e divino! Chamaram de Beelzebu ao Espírito do Senhor. O Redentor lhes corrigiu: “Quem blasfemar contra o Espírito Santo, nunca será perdoado, mas será culpado de um pecado eterno” (Mc 3,29).  

Na Trindade, o Pai é o Ser; o Filho é a Sabedoria; e o Espírito Santo é o Amor ou Bondade. Pois bem: há pecados cometidos por “falta de ser”, por inconsistência. Somos fracos, temos a alma ferida, limitações e rachaduras como as da argila. Há pecados cometidos por “falta de sabedoria”: por ignorância; por não se atinar com a gravidade de uma ação; por não se prever as suas consequências; ou por se pensar, em boa fé, fazer um bem.

Há outros pecados, porém, que são cometidos contra a bondade mesma de Deus, com malícia e obstinação. Isso acontece quando alguém se move pela inveja, pela vingança ou pelo orgulho. Quantos persistem no mal apenas para não “dar o braço a torcer”, para não confessar humildemente: “Eu errei, e feio”! Todo pecado é passível de perdão. O pecado contra o Espírito Santo, contudo, consiste na resistência deliberada à bondade divina. Quem o pratica é como um enfermo que está diante do remédio para sua doença, mas o recusa. A única “vacina” que nos previne contra isso é a humildade. 

O primeiro pecado contra o Espírito Santo é se desesperar da própria salvação. É uma falta contra a misericórdia de Deus, que está sempre disposto a perdoar quem se arrepende. O segundo consiste na atitude oposta: presumir ser salvo sem precisar se arrepender e receber o perdão. É uma ofensa à justiça de Deus. Ambos têm raiz na atitude de se apoiar somente nas forças humanas e não no Senhor.   

O terceiro é a negação de uma verdade reconhecida como tal. Quem rejeita a verdade – como faziam os escribas diante de Jesus – já optou pelas trevas. O quarto é ter inveja das graças que Deus faz para o próximo, entristecendo-se com o crescimento do Reino de Deus no mundo. O quinto é a obstinação no pecado, isto é, a decisão voluntária de não se abandonar uma conduta sabidamente pecaminosa. Por fim, o sexto pecado contra o Espírito Santo é a impenitência final: o propósito, até ao momento da morte, de não se arrepender dos próprios pecados. 

Como se vê, não é tanto uma “espécie” de pecado que é irremediável, mas sim a atitude que se pode ter diante das próprias culpas. Com fé, arrependimento, esperança em Deus e humildade, existe remédio para qualquer pecado! Sempre é tempo! Mas com orgulho, dureza e obstinação, dizemos “não” à bondade divina.   

guest
13 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Edson de Sousa
Edson de Sousa
2 anos atrás

Acho que cometi esse pecado

Sophia
Sophia
2 anos atrás

Tipo assim eu tive um pensamento ruim xingando ao Espírito Santo só que eu não lembro se eu falei mas ai eu pedi perdão pra Deus .

Sophia
Sophia
2 anos atrás

Aí eu fiquei muito preocupada com isso pois apenas tenho 14 anos e sou cheia de preocupação com essas coisas e sempre tomo cuidado com o que falo

Rita
Rita
2 anos atrás

Também vivo afligida com medo desse pecado, ou até de ja ter cometido de alguma forma, entrei em depressão tomei antidepressivos e hj vivo melhor, tenho buscado muita força em Deus tds os dias clamo pela misericórdia dele e peço pra que se de alguma forma sem perceber eu o tenha cometido que me perdoe, nao quero passar a eternidade excluída do reino…e tds os dias também em minhas orações eu peço para Deus ajudar a tds que vivem com esse medo ou que cometeram e hj lutam para ter o certeza do perdão, e angustiante vc viver dessa forma só Jesus msm para ter misericórdia de nós que sofremos com esse tipo de medo

juliana
juliana
2 anos atrás

Tô ajudando minha mãe em uma pesquisa de teologia! E toda vez que ajudo ela nessas pesquisas eu aprendo muitooo… como é bom saber mais sobre o que agrada ou desagrada a DEUS…

Eduardo Henrique
Eduardo Henrique
1 ano atrás

Boa tarde! “Eu cometi esse pecado eu acho,eu xinguei” e tem me atormentado muito!! Mas eu me sinto bem com Deus!! Se não confirmou a blasfêmia eu acho que não pecou! Vi isso num post aqui. Mas é isso. Algum pastor me responde aí ou qualquer dia vou perguntar algum pastor se pequei ou não

Aline
Aline
1 ano atrás

Mais mesmo se a pessoa fizer isso igual os fariseus ela pode te perdão???

Juliane
Juliane
11 meses atrás

Eu cometi eu xingueimas mim arrependimento

Quezia
Quezia
10 meses atrás

Olá,poderiam me ajudar numa coisa,recentemente tenho tidos muitos pensamentos ruins contra Deus e o espírito santo,pensamentos esses que vem donada,eu sempre me sentir muito mal quando eles vinham e sempre pedia perdão e sempre tentava pensar ao contrário deles,o problema é que de tantos eles virem eu acabo pensando por contra própria,como se fosse um vício, e que se eu não pensasse ficava ruim pra caramba, ou as vezes sem querer,eu sempre me sinto ruim na hora mais depois eu fico deboas.
Ei ainda posso ter o perdão de Deus?