O livro da Sabedoria foi escrito por autores diferentes?

“Quando leio o livro da Sabedoria, tenho a impressão de que foi escrito por pessoas diferentes. É isso mesmo?” A dúvida é da Maria de Lourdes, do bairro de Campo Limpo. 

Minha irmã, o livro da Sabedoria faz parte do grupo dos livros da Bíblia chamados sapienciais, isto é, livros inspirados por Deus que mostram a sabedoria do povo de Deus e que a sabedoria nada tem a ver com a sabedoria do mundo. Ela vem do próprio Deus, mas não dispensa o esforço humano para recebê-la. O autor deste livro da Bíblia, dizem os estudiosos, é um judeu de Alexandria, apesar do livro ser chamado de Sabedoria de Salomão. Na verdade, foi o último livro a ser inserido na Bíblia por volta do primeiro século antes de Cristo. Não podia, então, ser de Salomão. 

O livro nos leva para Deus e quer que tenhamos muita comunhão com Ele, pois este é o caminho verdadeiro da felicidade. 

Você imagine que em Alexandria viviam cerca de 200 mil judeus que sofriam como sofrem hoje os refugiados, os imigrantes. O autor do livro, portanto, reza e pensa no sofrimento do povo e na tentação que esses judeus tinham de abandonar os caminhos de Deus. 

Agora, minha irmã, volte a ler o livro e descubra você mesma que a verdadeira sabedoria é um dom de Deus, e este dom é para quem busca o Senhor com paciência, como a criança que busca socorro na casa do Pai, nos braços do Pai. 

Veja você, por exemplo, o que o livro da Sabedoria afirma sobre aquele que confia em Deus e sofre por isso. Diz o livro que “a vida do justo está nas mãos de Deus e Deus cuida dele. Aos olhos dos insensatos, a morte pode até parecer uma desgraça, mas aquele que viveu em comunhão com Deus tem sua fidelidade comprova- da pelo sofrimento, e o justo está na paz. 

Lindo isso, não é? Continue, portanto, sua bela leitura. 

Deixe um comentário