A oração dos desesperados

Sergio Ricciuto Conte

Nos momentos mais difíceis da vida, muitas vezes não sabemos o que pedir nem como rezar. Mas não são exatamente estes os momentos em que mais precisamos fazê-lo e temos necessidade de ajuda? Há uma oração muito especial e fortíssima para essas circunstâncias. Escrita para quem a Tradição da Igreja reconhece, por experiência própria, ser a pessoa ideal para nos ajudar nessas horas difíceis, Maria. Ela, como ninguém, ajuda a quem a ela recorre, conduzindo ao bom porto todos os viajantes perdidos em meio às tempestades da vida. Por isso, Maria foi chamada de Estrela do Mar. 

Quem experimentou sabe que é verdade e por isso pode dar testemunho que ela sempre nos responde. É Maria quem melhor nos conduz a Cristo. Essa oração, chamada Respice stellam, voca Mariam (Olha para a estrela, invoca Maria), foi escrita por São Bernardo de Claraval (1090-1153 d.C.), monge francês e Padre da Igreja. Diz assim: 

Quem quer que você seja que se dá conta que neste tempo estamos vivendo como náufragos perdidos no meio de tempestades e ondas, ao invés de caminhar em terra firme, não tire os olhos dessa estrela, se não quiser ser varrido pelas tempestades. Se surgirem os ventos das tentações, se você despencar nos penhascos das tribulações, olha para a estrela, invoca Maria. Se for derrotado pelas ondas do orgulho e da ambição, da difamação, da rivalidade amarga, olha para a estrela, invoca Maria. Se a raiva ou a mesquinhez, ou o desejo desenfreado despedaçarem o navio da sua mente, olha para a estrela, invoca Maria. Se estiver preocupado com a magnitude de seus pecados, confuso com a consciência de seu grande erro, apavorado com o terror do julgamento divino e começar a ser engolido pelo abismo da tristeza e cair no fosso do desespero, pensa em Maria. Nos perigos, nas angústias, nas dúvidas, pensa em Maria, invoca Maria. Seguindo-a, você não se perde. Ao rezar a ela, você não se desespera. Pensando nela, você não erra. Se ela lhe segurar, você não cairá. Se ela lhe proteger, você não terá medo. Se ela lhe guiar, você não se esgotará. Se ela lhe for favorável, você alcançará a meta.

Esta é a experiência do povo de Deus ao longo dos dois milênios de Cristianismo a demonstrar que Maria é um porto seguro, a estrela do mar ou estrela guia dos momentos mais difíceis da vida. Recorramos a ela para que nos ajude. Nessa oração há um segredo: você só o compreende se rezar muitas vezes.

Colunas Relacionadas

spot_img

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Colunas

Assine nossa Newsletter