A traição de Judas aconteceu para que se cumprissem as Escrituras?

Eis a pergunta que recebi da Eva Rezende, do bairro do Tatuapé: “Gostaria que o senhor falasse sobre a traição de Judas. É verdade que esta traição foi profetizada por Jesus e, se não fosse Judas o traidor, seria outro? É verdade que esta traição teria que acontecer de qualquer jeito para que se cumprissem as Escrituras?”

Nossa, Eva, pensar que Deus pudesse criar alguém para ser traidor, para ser infeliz, para ser alguém de coração mal é um pecado contra a bondade, a ternura e a misericórdia divina. Judas planejou como quis a traição. Negociou esta traição. Combinou o preço. Sabia bem o que queria. Jesus chegou mesmo a provocá-lo para ver se ele mudava de ideia, quando o chamou de amigo e lhe disse: “O que você veio fazer aqui?”

Jesus não mexeu com a liberdade de Judas. Na Última Ceia, Ele também tentou demover Judas de seu intento. Alertou que sabia da armação de Judas quando molhou o pão na travessa de molho e lhe entregou. E no diálogo com o traidor, Jesus até mesmo disse algo como: “Você está decidido a fazer isso comigo, não é mesmo? Então, vá logo”.

Ninguém se pergunta por que Judas caiu em desespero? Caiu, sim, e por quê? Porque percebeu o terrível erro que tinha cometido e, em vez de pedir perdão, cometeu suicídio, que é a consequência máxima de um sentimento de culpa doentio.

Minha irmã, você acha que um pai gera um filho para ele ser infeliz? Você acha que um pai investe tudo num filho para que ele seja um crápula, um ladrão, um criminoso, um homem sem caráter? Se um pai da Terra não faz isso, como poderia fazer o Pai dos pais, que é Deus? Judas mostrou que não entendeu nada do que Jesus lhe tinha ensinado. O exemplo de Pedro, porém, é diferente: sua traição foi motivo para que ele chorasse amargamente, e Jesus não deixou de amá-lo.

É isso aí, minha irmã. Fique com Deus e que Ele abençoe você e sua família!

guest
30 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Yānn Běn A.
Yānn Běn A.
1 ano atrás

– No final da explicação, um equivoco de interpretação, mostrando arrogância de conhecimento ao afirmar algo, levianamente, sem a devida certeza e seriedade coerente ao tema.

– Judas não era como um “filho” para Deus (no sentido pleno do texto usado), pois ele era um “vaso de ira” e não um “vaso de Glória”; mas necessário para o cumprimento das Escrituras.
– ENTÃO… NÃO MISTURE AS COISAS! OK?

“Deus criou todas as coisas, para um determinado fim; e até o ímpio, para o dia do juízo.” (Provérbios 16: 4)

“Ou não tem o oleiro, direito sobre a massa, para do mesmo barro, fazer um vaso para honra e outro, para a desonra? (Romanos 9: 21)

Roberto
Roberto
1 ano atrás

Boa noite pastor apz do senhor.

? Me tira uma dúvida por que então Deus criou u homem perverso ?

Álvaro Luiz.
Álvaro Luiz.
1 ano atrás

Vejo alguns comentários aqui q expressam a ignorância sobre a postura de Judas. Prevalecendo o achismo. Judas nunca esteve de verdade com Jesus, apenas fisicamente. Foi reconhecido como ladrão ( ele ficava com a bolsa), “Filho da perdição”, um dos q “não tinha fé” isto dito pelo próprio Jesus. Ressaltando ainda q Jesus deixou claro q a falta de fé era requisito para auto condenação. Teve remorso mas não arrependimento (suicídio.também é um pecado).
Não foi, portanto, só a questão da traição. Judas nunca esteve salvo.

Raiane Oliveira
Raiane Oliveira
1 ano atrás

Eu fico com tanta dúvida, Deus sabia que alguém o traíria com 30 moedas de prata, então, Deus planejou tudo? Sei lá

Robson
Robson
1 ano atrás

Dizer que Deus escolheu judas para trair seu filho Jesus é uma interpretação equivocada.Deus não escolheu judas para trair Jesus. satanás o diabo escolheu judas para trair Jesus porque encontrou em judas brechas para isso. Judas sentava a mesa com Jesus e os demais apóstolos e era tesoureiro. Mais também era amigo dos inimigos de Jesus e seus apóstolos. Judas era vacilante e deixava a desejar. Agora nosso conhecimento sobre os mistérios de Deus é limitado. Muitas coisas serão reveladas um dia, cabe a nós confiar em Deus e na sua bondade. Que nossas atitudes sejam firmes em obediencia a aquele que nos fez a sua imagem e semelhança.

Alfredo
Alfredo
1 ano atrás

Então as pessoas que estão pecando é porque Deus que.depois que entrou o pecado no mundo vc tem o livre arbítrio .Eu acho que poderia ser o propio Barrabas ou outra pessoa mas Judas ja tinha na linhagem estes problemas.

Philips
Philips
1 ano atrás

A morte na cruz ,foi o sacrifício do cordeiro vivo que veio para salvar a todos aqueles que nele Crer , não morram mais tenham a vida eterna ,
” Veio para os seus mais os seus não o aceitaram ” sendo assim ,abriu a porta da GRAÇA para termosa acesso a vida eterna com CRISTO

Francisco
Francisco
1 ano atrás

Ei o erro tá aí que Deus enviou seu filho pra ser infeliz nesse mundo.
Onde diz que judas era filho de Deus?

Penha
Penha
10 meses atrás

A diferença entre Pedro e Judas é que Pedro se arrependeu e Judas não, o máximo que Judas chegou foi a ter remorso e esse sentimento não produz mudança de vida, como aconteceu com Pedro.
Vejam na Palavra de Deus a atitude de Judas: Se matar e a de Pedro? Pregar para mais de cinco mil homens sem contar mulheres e crianças, cheio do Espírito Santo.
O arrependimento produz vida!

Antonio Vieira dos Santos
Antonio Vieira dos Santos
9 meses atrás

Por entender toda errada a mensagem de Jesus; eu acredito que até mesmo Judas será perdoado no Juízo Final, pois ele foi um ignorante e a misericórdia de Deus, é bem maior do que as misérias humana!