Cada porta da igreja leva a um lugar diferente?

Hoje respondo a esta dúvida do Ademir, da Freguesia do Ó: “Dizem que as igrejas mais antigas que têm duas portas trazem consigo um significado: uma delas seria a entrada do purgatório e a outra, do céu. Isso é verdade?”

Ademir, este “dizem que” de sua pergunta já revela uma crendice popular. Pense comigo: não é esquisito que uma porta da igreja sirva para entrar no céu e a outra para entrar no purgatório? A igreja é o lugar onde nós entramos para ficar em comunhão com Deus na oração pessoal, comunitária e litúrgica. Entramos nela para orar, suplicar, pedir perdão, agradecer.

A doutrina do purgatório trouxe muitas críticas da parte dos adversários da Igreja Católica. Talvez venha daí a história dessas duas portas. Quem sabe, esteja-se falando dos cofres em que se colocam as ofertas para as missas em sufrágio das almas dos fiéis defuntos.

A existência do purgatório, meu irmão, é verdade de fé para a Igreja Católica. Ela crê profundamente na força da oração pelos fiéis defuntos. E isso não é de hoje. Ela sempre ensinou que os pecados mortais nos afastam totalmente de Deus, e os pecados veniais, embora também nos afastem de Deus, não o fazem totalmente. Quem morre em pecado mortal está definitivamente condenado. Quem morre em pecado venial precisa reparar seu pecado.

Ao contrário do que dizem os críticos da Igreja que tentam provar que a doutrina do purgatório não está na Bíblia, ela lembra que Judas Macabeu, após uma batalha, mandou que se celebrasse um culto pelas almas dos soldados mortos. Ela reflete sobre a Palavra de Jesus ao dizer que o pecado contra o Espírito Santo não tem perdão nem nesta nem na outra vida, e conclui, seguindo a lógica, que há, então, pecados que são perdoados na outra vida. E vai nesta linha a reflexão da Igreja, justificando o período de purificação, antes de entrar na vida eterna feliz.

Enfim, Ademir, pode ser que a história das duas portas se refira mais aos cofres em que se recolhiam ofertas nas igrejas. E é o que eu posso dizer a você. Fique com Deus.

1 comentário em “Cada porta da igreja leva a um lugar diferente?”

  1. Com relação às igrejas anteriores ao século 19, pelo que li em livros de história, tem a porta principal que é bem larga, destinada a entrada dos abastados e senhores de escravos e as laterais, menores destinada aos mais pobres ou escravos.

    Responder

Deixe um comentário para Jose Ramos dos Santos Cancelar resposta