Na Igreja em São Paulo, católicos expressam a alegria de ser família

Regiões episcopais e paróquias organizaram ações por ocasião do X Encontro Mundial das Famílias

Na Igreja em São Paulo, católicos expressam a alegria de ser família, Jornal O São Paulo
Fotos: Luciney Martins/O SÃO PAULO

Entre os dias 22 a 26 de junho, aconteceu o X Encontro Mundial das Famílias, com o tema “O amor em família: vocação e caminho de santidade”.

A pedido do Papa Francisco o encontro não aconteceu apenas em Roma, onde houve um congresso teológico pastoral, mas foi multicêntrico, envolvendo todas as dioceses, com suas paróquias, comunidades e organizações.

Na Arquidiocese de São Paulo, a Pastoral Familiar, as regiões episcopais e as paróquias se mobilizaram para celebrar esse encontro, destacando a vocação e a missão da família na Igreja e na sociedade.

Nas Regiões Belém, Ipiranga e Brasilândia aconteceram missas de abertura do evento no dia 22 (leia a mais ao fim do reportagem), bem como na Região Santana, presidida pelo Cardeal Odilo Pedro Scherer, na Paróquia Nossa Senhora da Candelária. Na ocasião, o Arcebispo Metropolitano, exortou as famílias católicas a transmitirem a fé aos filhos, encaminhar-lhes para os sacramentos da iniciação cristã e testemunharem no lar os valores do Evangelho nas relações cotidianas.

Na missa do domingo, 26, na Catedral da Sé, o Cardeal Scherer rogou a Deus pelas famílias “para que Deus realize nelas o seu desejo, o seu desígnio”, disse antes de rezar a oração do X Encontro Mundial das Famílias com os fiéis.

Matrimônio: uma firme decisão seguindo os planos de Deus

Na Igreja em São Paulo, católicos expressam a alegria de ser família, Jornal O São Paulo

Também no domingo, a Pastoral Familiar da Região Sé organizou uma missa para demarcar o encerramento do X Encontro Mundial das Famílias. A Eucaristia foi presidida por Dom Rogério Augusto das Neves na Basílica Nossa Senhora do Carmo, na Bela Vista, tendo como concelebrantes o Padre Alessandro Enrico de Borbon, Assistente Eclesiástico da Pastoral Familiar na Região Sé, e Pároco, Frei Thiago Borges Isidoro, O.Carm.

O Bispo Auxiliar da Arquidiocese na Região Sé destacou que o Papa em sua mensagem por ocasião da conclusão do X Encontro Mundial das  Famílias, no dia anterior, pediu para “que a família não seja poluída pelo egoísmo, pelo individualismo e pela cultura da indiferença, mas que o amor familiar seja vivido como vocação e forma de santidade nas relações familiares cotidianas”.

Na homilia, o Dom Rogério afirmou que a vivência do Matrimônio é uma construção diária, alicerçada nos valores e experiências concretas e sólidas do dia a dia. “Hoje, vemos muitos casais querendo construir uma relação sólida fundamentando-se em aspectos frágeis. Por exemplo, priorizam os bens materiais e financeiros e acabam deixando de lado a vivência do sacramento matrimonial”, disse, citando exemplos de casais que não casaram-se na Igreja porque querem antes comprar a casa, o carro ou porque não têm recursos para oferecer uma festa aos amigos.

“O sacramento do Matrimônio é um dom de Deus, é sinal de entrega total, é uma firme decisão tomada a dois seguindo o plano de Deus”, disse o Bispo.

O amor no cotidiano da família

No ofertório, casais da Pastoral Familiar entraram pelo corredor central da igreja trazendo junto ao Pão e Vinho, alguns símbolos como a imagem da Sagrada Família, bandeiras, banners e kits de alimentos que serão doados a famílias em situação de vulnerabilidade social atendidas na Basílica Nossa Senhora do Carmo.

“A missão da Pastoral Familiar é levar Jesus Cristo às famílias, plantar a semente do Evangelho e ajudar os casais a viver e testemunhar a fé. Nas paróquias, nossa ação é acolher e orientar os casais de todas as idades no seguimento a Cristo e a sua inserção na vida em comunidade”, destacaram Luiz Fernando Garcia e Ana Filomena Silveira Faleiros Garcia, coordenadores da Pastoral Familiar Arquidiocesana.

Bráulio Rocha Gonçalves e Simone Madeira, representantes da Pastoral Familiar Região Sé, enfatizaram que o encontro mundial ajudou a refletir sobre a presença das famílias nas comunidades de fé. “Somos chamados a viver o amor em família e testemunhar esse amor para a sociedade”, pontuaram, destacando que “a Família de Nazaré é modelo referencial da família cristã. O Papa Francisco afirma que ‘a grande missão da família é dar lugar a Jesus que vem, acolhê-lo na família, na pessoa dos filhos, do marido, da esposa, dos avós. Jesus está ali’”, afirmaram.

NAS DEMAIS REGIÕES EPISCOPAIS

Na Igreja em São Paulo, católicos expressam a alegria de ser família, Jornal O São Paulo

Dom Ângelo Ademir Mezzari, RCJ, Bispo Auxiliar da Arquidiocese na Região Episcopal Ipiranga, presidiu missa no Santuário São Judas Tadeu, na noite de 22 de junho, com a participação de padres e agentes de pastorais dessa região episcopal, em comunhão com o X Encontro Mundial das Famílias. No início da celebração, representantes da Pastoral Familiar, do Encontro de Casais com Cristo (ECC), da Pastoral Vocacional, das Equipes de Nossa Senhora e Pastoral da Criança entraram pelo corredor central da igreja trazendo alguns símbolos: banners de pastorais, quadro do Encontro Mundial das Famílias com o Papa e imagem da Sagrada Família. “Somos todos filhos de Deus e vivemos o amor em família, nas dores e sofrimentos, com suas dificuldades e desafios, e podemos dizer: como é bom ter uma família!” lembrou o Bispo na homilia.

(por Priscila Thomé Nuzzi).

Na Igreja em São Paulo, católicos expressam a alegria de ser família, Jornal O São Paulo

A abertura regional do X Encontro Mundial das Famílias aconteceu na Paróquia São José, na Vila Palmeiras, com missa presidida pelo Pároco, Padre Márcio Campos, CSCh, e a animação e canto litúrgico ficou por conta do grupo de casais do Encontro de Casais com Cristo (ECC) e da Pastoral Familiar da comunidade. No fim da celebração, houve a leitura da mensagem de Dom Carlos Silva, OFMcap, Bispo Auxiliar da Arquidiocese na Região Brasilândia, às famílias.

(por Júlio Cesar)

Na Igreja em São Paulo, católicos expressam a alegria de ser família, Jornal O São Paulo

Na noite da quarta-feira, 22, Dom Cícero Alves de França, presidiu missa na Paróquia São João Batista, na Vila Carrão, por ocasião da abertura do X Encontro Mundial das Famílias. O Bispo Auxiliar da Arquidiocese na Região Belém destacou que a vocação familiar é uma expressão do amor de Deus. Participaram da missa membros da Pastoral Familiar regional.

(por Fernando Arthur)

#ARQUISPFAMILIA2022

Nas redes sociais do O SÃO PAULO (@jornalosaopaulo) é possível encontrar uma galeria de imagens sobre as atividades realizadas nas paróquias da Arquidiocese durante o X Encontro Mundial das Famílias, por meio da hashtag #ARQUISPFAMILIA2022, como esta realizada com os paroquianos da Paróquia Santa Teresinha, na Região Santana.

Na Igreja em São Paulo, católicos expressam a alegria de ser família, Jornal O São Paulo

(Colaborou: Daniel Gomes)

Deixe um comentário