Cardeal Marc Ouellet: ‘Que o Espírito nos ajude a discernir juntos’

Presidente da Pontifícia Comissão para a América Latina falou aos participantes da Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe

Cardeal Marc Ouellet: ‘Que o Espírito nos ajude a discernir juntos’
Foto: Celam

“Que o Espírito do Senhor presente no meio de nós, ajude-nos a discernir juntos como reativar o espírito missionário que o Papa Francisco nos transmite com seu exemplo e seu magistério”, disse o Cardeal Marc Ouellet, Prefeito da Congregação para os Bispos e Presidente da Pontifícia Comissão para a América Latina, ao se dirigir aos participantes da 1a Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe.

O Cardeal Ouellet se disse feliz quando percebeu que o documento de discernimento da Assembleia Eclesial “recuperou uma das mais breves e potentes intuições de Aparecida: a fé nos liberta do isolamento de nós mesmos, porque nos leva à comunhão. (DAp 156), e algumas linhas depois, somos lembrados: porque a comunhão é missionária e a missão é para comunhão (DAp 163), a sinodalidade deve ser sempre entendida como um dinamismo de ‘saída’”.

Ele também afirmou que “a Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe é uma das várias formas pelas quais a Igreja reaprende a ouvir e a discernir. Há poucos dias, quando o Papa Francisco iniciou o processo sinodal, ele nos deu algumas considerações que acho que se aplicam também a nós aqui ”.

Entre essas considerações, ele mencionou: “Faça uma pausa de nossas ocupações, para conter nossas ansiedades pastorais e parar para ouvir. Ouça o Espírito em adoração e oração. Quanto precisamos da oração de adoração hoje! Muitos perderam não só o hábito, mas também a noção do que significa adorar ”.

Para o cardeal Ouellet “não há verdadeira missão sem profunda comunhão eclesial, nem madura comunhão eclesial sem autêntico impulso missionário”, por isso, “a sinodalidade, que é como a dimensão dinâmica da comunhão, deve guiar-nos mais ad extra, para compartilhar a ‘boa notícia’, e não tanto ad intra, isto é, às estruturas intraeclesiais e às posições de poder ”.

Fonte: Celam

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter