Catedral de Pequim reabre após 6 meses fechada por causa da pandemia

A comunidade católica chinesa está em festa: após o período de fechamento imposto pela pandemia, as atividades litúrgicas e pastorais normais foram retomadas na igreja dedicada à Imaculada Conceição

Foto: Arquivo pessoal

Idosos e jovens fiéis entusiasmados em fila, em frente ao portão da Catedral de Pequim. Esta é a cena que, antes do amanhecer do sábado, 16, antecipou um dia cheio de momentos emocionantes para a comunidade católica chinesa. A oração diante da gruta de Nossa Senhora de Lourdes e a oração diante do altar para dar graças ao Senhor marcaram a data especial.

Não apenas para a reabertura da catedral – após seis meses de fechamento para seguir as regulamentações governamentais para conter a pandemia –mas também para a celebração solene dos sacramentos de iniciação cristã de 101 catecúmenos, a maioria adultos.

Cantos sagrados, orações, sorrisos, as vozes das crianças encheram mais uma vez os espaços da igreja.

‘NOVAS PLANTINHAS’ DA COMUNIDADE

À tarde, informou a agência Fides, os participantes do 53º curso de catecismo foram batizados e receberam os outros sacramentos de iniciação cristã, Crisma e Eucaristia, por Dom Giuseppe Li Shan, Arcebispo de Pequim.

Seus rostos emocionados se uniram a catequistas, sacerdotes, freiras e voluntários leigos que acompanharam os catecúmenos no caminho de fé durante a pandemia. O Cura da Catedral, Padre Joseph Zhao, agradeceu a todos aqueles que ajudaram a levar adiante esse percurso. E pediu a todos que continuassem protegendo essas “novas plantinhas” da comunidade, para que possam crescer juntos na Igreja, no caminho da sinodalidade.

Fonte: Vatican Media

Deixe um comentário