Católico vietnamita morto ao salvar três meninas é celebrado

No Vietnã, país do sudeste asiático em que o Cristianismo é minoria, a atitude de abnegação de um jovem católico gera comoção e se torna exemplo vivo da semente da Boa-Nova do Evangelho plantada naquela sociedade

foto: Reprodução da Internet

Padre José Ferreira Filho

Peter Khoa Nguyen Van Nha, um jovem católico vietnamita de apenas 23 anos, deu a vida para salvar três meninas do afogamento. Ele viu que elas estavam sendo arrastadas pelas águas no Mar de Thuan, uma praia turística, e pediam ajuda.

Peter Khoa se lançou para resgatá-las e as levou, uma de cada vez, até perto da areia da praia. No entanto, após o grande esforço, ele não conseguiu chegar a um lugar seguro, uma onda violenta o arrastou para o mar e, cerca de 30 minutos depois, seu corpo foi encontrado sem vida pelos salva-vidas da praia.

CORAGEM E HUMANIDADE

A mídia vietnamita destacou a coragem, a dedicação e a humanidade do jovem, que se tornou um exemplo para toda a nação. O presidente do Vietnã, Nguyen Xuan Phuc, concedeu a Peter Khoa Nguyen Van Nha o reconhecimento póstumo de “cidadão vietnamita mártir” e enviou condolências à família dele. As comunidades católicas destacaram o seu altruísmo e o fato de ter dado “a vida pelos amigos”, a exemplo de Jesus.

O funeral aconteceu na sua paróquia, em um clima de profunda emoção. Um grande número de alunos e professores da Universidade de Hue, onde o jovem estudava, participaram de uma homenagem organizada nos últimos dias pela União da Juventude daquela cidade.

Peter Khoa Nguyen Van Nha nasceu em uma família católica muito pobre. Estudante do quarto ano da Universidade de Hue, era conhecido como um jovem otimista, de caráter e comportamento exemplares tanto para a instituição acadêmica quanto para a comunidade. Era um leigo comprometido e entusiasta na igreja, pois, além do compromisso com os estudos, dava a sua contribuição diligente à vida pastoral e às atividades eclesiais, pensando também, como afirmam seus familiares, na possibilidade de se tornar sacerdote.

REALIDADE

A comunidade católica no Vietnã, de pouco mais de 7,6 milhões de pessoas, representa 8% da população do país, que tem 96 milhões, em sua maioria budistas.

As atividades sociais da Igreja Católica raramente são publicadas nos jornais do Estado e nas redes sociais. No entanto, órgãos eclesiais, instituições e comunidades em todo o país continuam a realizar silenciosamente muitas atividades de caridade, humanitárias e sociais às pessoas menos favorecidas e vulneráveis.

O sacrifício de Peter Khoa Nguyen Van Nha tem sido considerado o testemunho claro de um seguidor de Jesus Cristo e uma semente da Boa-Nova do Evangelho, plantada na sociedade vietnamita.

Fonte: ACI Digital e Vatican News

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter