Encontro virtual repercute reflexões da Assembleia Eclesial

Encontro virtual repercute reflexões da Assembleia Eclesial, Jornal O São Paulo
Reprodução de video /Celam

O Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) realizou, no dia 30 de março, o Encontro Eclesial, evento virtual que reuniu os participantes da Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe, ocorrida em novembro de 2021.

Transmitido pelas plataformas digitais, o evento foi dividido em quatro momentos: rezar, compartilhar, ouvir e caminhar a partir das reflexões da Assembleia, em uma perspectiva sinodal.

Foi um “encontro de memória e projeção”, nas palavras de Dom Miguel Cabrejos Vidarte, Presidente do Celam, que lembrou as diferentes etapas do processo da Assembleia, desde o momento da escuta e da Assembleia, e agora da etapa de apropriação significativa, aguardando o documento que está sendo trabalhado pela equipe de reflexão teológica sobre as orientações pastorais.

Padre Pedro Brassesco, Secretário-Geral Adjunto do Celam, insistiu na necessidade de “caminhar juntos”, buscando ser cada vez mais “discípulos missionários”, como inspira o Documento de Aparecida.

ITINERÁRIO ESPIRITUAL

Segundo a Irmã Liliana Franco, Presidente da Confederação Latino-Americana dos Religiosos (Clar), a espiritualidade foi o eixo transversal da Assembleia, que permeou tudo. “Uma espiritualidade histórica, dinâmica, mas, sobretudo, encarnada, num eco permanente da Palavra de Deus… que ajudou a preparar o coração”, disse.

Finalmente, os participantes do encontro refletiram sobre como continuarão o caminho pastoral. Para isso, o Celam apresentou o itinerário espiritual para o período da Quaresma e da Páscoa. Destacou, ainda, o processo de renovação e reestruturação da entidade, a partir de uma Igreja emergente, do desenvolvimento humano integral, da sinodalidade, assumindo os quatro sonhos da exortação apostólica pós-sinodal Querida Amazonia. Para dar continuidade ao processo iniciado na Assembleia Eclesial, o Celam prevê a realização de mais quatro encontros eclesiais por regiões continentais.

Deixe um comentário