Iniciada por 6 fiéis, comunidade católica no Vietnã hoje tem 8,8 mil membros

Grande parcela dos fiéis são jovens. Há 23 turmas de Catequese ocorrendo ao mesmo tempo na Paróquia Thach Bích

Iniciada por 6 fiéis, comunidade católica no Vietnã hoje tem 8,8 mil membros
Asia News

A Paróquia de Thach Bích, na Arquidiocese de Hanói, está fortemente empenhada em transmitir a fé às novas gerações. Localizada em Bích Hòa, município do distrito de Thanh Oai, a cerca de 15 quilômetros da capital, a comunidade de fiéis foi fundada há mais de dois séculos em um período de perseguição.

No final do século XVIII, durante uma das muitas ondas de perseguição que marcam a história do Cristianismo no Vietnã, um grupo de seis católicos fugiu para o campo para salvar suas vidas.

Junto com alguns não católicos, eles construíram uma pequena aldeia inicialmente chamada Thach Tuyen.

Fiéis à fé e ao amor de Deus, viveram com honestidade, respeitando-se mutuamente, levando o Evangelho às pessoas que viviam nas áreas mais pobres. Muitos deles foram batizados.

Durante o reinado do Rei Tu Duc (1848-1883), a vila já contava com 600 católicos e alguns missionários vieram servir a esta comunidade. Foi nessa época que o nome mudou para Thạch Bích e a primeira igreja foi construída. Hoje, a paróquia local tem cerca de 8,8 mil membros.

“Mantemos vivas as tradições de nossa comunidade e a fé em Deus”, disseram alguns jovens paroquianos à Asia News. “Os Padres Peter Pham Van Hung e o Padre Bruno Nguyen Van San, nossos sacerdotes, partilham as alegrias e as dores de todos, mesmo com os não católicos. Eles nos acompanham para que estejamos prontos para levar a Boa Nova aos outros”.

O Advento marcou o início do catecismo para crianças este ano; atualmente, existem 23 classes para diferentes faixas etárias. “Para reconhecer o amor de Deus, é necessário frequentar o catecismo com diligência”, disse o Padre Bruno, destacando a importância da educação na fé. “Assim, podemos levar a Palavra de Jesus a todos em nossa comunidade e local de trabalho.”

Os catequistas, acrescentou, “são chamados por Deus para trabalhar no campo da missão. Todos nós precisamos crescer, viver nossa fé, convidando os pais a colaborar em casa no ensino das escrituras e orações aos filhos ”.

Fonte: Asia News

Deixe um comentário