Como ler a Bíblia?

Muitos católicos têm contato com os textos da Bíblia apenas durante as celebrações da Missa. A Igreja Católica indica a seus fiéis que adquiram familiaridade com os textos da Bíblia por meio da leitura diária

Como ler a Bíblia?

Escrita por muitas mãos e inspirada por Deus, a Bíblia é muito mais que um livro. É a coleção dos livros inspirados por Deus, reconhecidos pela Igreja. É também denominada pelos católicos Palavra de Deus. Traduzida para praticamente quase todos os idiomas, a Bíblia é uma das principais fontes de orientação e de oração das denominações religiosas.

Muitos católicos têm contato com os textos da Bíblia apenas durante as celebrações da Missa, nas quais, de acordo com o calendário litúrgico, leem-se trechos do Antigo e do Novo Testamento. Sem dúvida, esses são momentos privilegiados para a escuta e o aprendizado da Palavra, mas não são os únicos. A Igreja Católica indica a seus fiéis que adquiram familiaridade com os textos da Bíblia por meio da leitura diária individual ou comunitária.

 Cursos bíblicos, grupos de oração e círculos de leitura orante da Palavra são outros excelentes meios de aprofundamento vivamente aconselhados pela Igreja e que facilitam a aplicação dos ensinamentos contidos na Bíblia no dia a dia.

Por onde começar?

Existem vários planos de leitura para quem quer começar a ler a Bíblia. Em cada um deles, há princípios claros que podem ser muito úteis para quem quer conhecer melhor as Escrituras. A melhor maneira é buscar apoio para estudar e rezar os textos bíblicos em uma comunidade eclesial.

“A Bíblia é como uma casa que tem 73 portas. É bom entrar por aquela que você mais conhece, porque aí você se sente em casa! Existem portas que você nunca usa. Então, não é bom entrar por uma porta que você não conhece. Entre por uma porta onde você se sente à vontade, sem deixar a vida que você vive. Para muita gente, são os Evangelhos e os Atos dos Apóstolos. Quem vive em comunidade e participa ativamente, se for ler os Atos, encontra coisas que vive hoje. Há empatia, afinidade”, explicou Frei Carlos Mesters, Padre da Ordem do Carmo e biblista que desenvolveu vários métodos que sugerem uma leitura comunitária da Bíblia, em entrevista publicada pela revista Vida Pastoral.

Leitura Orante da Palavra

A Leitura Orante da Palavra, ou LectioDivina, é um método de leitura e oraçãodos textos bíblicos que segue um roteirofixo e sugere que se siga a liturgia diáriapara a escolha dos textos. Antes de começar, o leitor deve colocar-se à luz do Espírito de Deus e pedir sua ajuda. Depois, eleprecisa seguir quatro etapas: leitura, meditação, oração e contemplação.

7 Passos para ler e meditar os textos bíblicos

1) Pedir sempre ajuda ao Espírito Santo, isto é, iniciar sempre com uma oração;

2) Começar pelos livros e textos mais fáceis, ou seja, os Evangelhos e os Atos dos Apóstolos;

3) Ler e meditar um texto por dia (não é a quantidade que importa, mas a qualidade);

4) Procurar descobrir o contexto em que o texto foi escrito;

5) Anotar na sua Bíblia os textos que mais chamam a atenção;

6) Quando encontrar textos difíceis, passar adiante, deixar estes textos para quando participar de um curso ou quando encontrar pessoas que podem ajudá-lo a entender;

7) Atualizar o texto: colocá-lo em prática na vida. Celebrar e rezar a Bíblia e a vida.

Fonte: Sab-Paulinas

1º – Leitura

O que o texto diz?

É o primeiro passo para levar ao entendimento e à compreensão do texto. A Palavra de Deus não deve ser lida para se ter experiências extraordinárias, mas para escutar o que Deus tem a dizer, para conhecer a Sua vontade e poder obedecê-la.

A leitura da Palavra deve ser pausada, tranquila e contínua, deixando que o Espírito faça saltar do texto uma frase, versículo ou ideia que penetre seu coração e que guiará a sua meditação para ouvir a mensagem particular que Deus tem para você naquele dia. Alguns mestres da Lectio Divina recomendam que se deve ler o mesmo trecho três a quatro vezes, para identificar bem aquilo que Deus deseja comunicar pela Palavra.

2º – Meditação

O que Deus está me falando?

A meditação é o momento de descobrir o que Deus quer falar por meio daquele trecho da Bíblia. É a atualização do texto dentro da nossa vida: ‘O que o texto diz para mim hoje?’

A meditação é como o anjo da anunciação que vem manifestar a vontade de Deus para nós. Como Maria, nós devemos acolher essa Palavra e ser transformados por ela. A Palavra nos foi dada por Deus para ser encarnada também na vida e na história de cada um de nós.

A Lectio semeia a Palavra no coração do homem para que ela brote na meditação ao longo do dia e, assim, possa se cumprir em sua vida. Por isso, a meditação da Palavra deve ser estendida ao longo do dia e acabar somente quando o dia termina. A meditação implica guardar, permanecer e cumprir a Palavra.

3º – Oração

O que o texto me faz dizer a Deus?

A oração é momento de deixar brotar naturalmente, a partir da meditação, o louvor, o arrependimento, a súplica, a gratidão, o pedido de perdão, a oferta e a adoração a Deus. Também suplicar as graças necessárias para que possamos corresponder e cumprir as mensagens encontradas por meio da Palavra.

4º – Contemplação

Ocorre de modo espontâneo, sem interferência de quem ora. É dom de Deus que nasce do silêncio interior, sem palavras e imagens, sem pensamentos e sentimentos, para que na presença de Deus possamos saborear espiritualmente as verdades descobertas e a ideia inicial. É a hora da intimidade, do abandono, da entrega e de conformar o nosso ser no Ser de Deus. É repousar o olhar e o coração em Deus. Tendo entrado no repouso contemplativo, deixe-se ficar aí.

Fonte: SAB-Paulinas e Comunidade Católica Pantokrator

* Reportagem publicada em 12 de setembro de 2018, por Nayá Fernandes

Notícias relacionadas

Como ler a Bíblia?

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter