‘As marcas da Igreja primitiva devem estar presentes na vida da Igreja hoje’

Afirmou o Cardeal Scherer, em missa na manhã desta terça-feira, 13

Foto: Reprodução da internet

Nesta terça-feira, 13, na memória litúrgica de São Martinho I – papa e mártir que viveu no século VII e foi exiliado e morto por defender a doutrina da Igreja -, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano, presidiu missa na capela da residência arquiepiscopal e rezou para que toda a Igreja permaneça unida ao Papa, em comunhão de fé e caridade, “para dar o testemunho de Jesus ressuscitado no mundo”.

Na homilia, o Arcebispo recordou as primeiras comunidades cristãs, que surgiram ao redor de Jesus Cristo e do testemunho dos apóstolos, nas quais os cristãos, no início, colocam os bens em comum, e no decorrer do tempo, sempre se uniam para orações em conjunto e para o domingo, o Dia do Senhor.

“O que fica claro no texto dos Atos dos Apóstolos é o ideal de uma comunidade que cuida, que olha para as necessidades do próximo, que põe em comum as coisas. Ninguém diz ser algo seu, mas coloca tudo à disposição de todos. Há a superação do grande egoísmo”, recordou Dom Odilo.

A partilha dos bens, a assiduidade nas orações feitas em conjunto, o perseverar na doutrina dos apóstolos, na escuta e obediência da Palavra de Deus e a  partilha do pão, na celebração da Eucaristia e nas obras de caridade, eram características das primeiras comunidades cristãs.

“As marcas da Igreja primitiva devem estar presentes na vida da Igreja hoje, para que ela não vire simplesmente uma ideia, uma ONG, um partido, uma ideologia. A Igreja é a comunidade dos discípulos do Senhor que perseveram no Evangelho e no testemunho da vida segundo o Evangelho”, ressaltou Dom Odilo.

O Arcebispo de São Paulo comentou, ainda, que quando for passado este momento de pandemia, os cristãos devem voltar aos templos para rezar em comum e participar das celebrações.

Durante a oração dos fiéis, Dom Odilo rezou pelo bom êxito da Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que acontece de modo on-line até a próxima sexta-feira, 16.

Rezou, ainda, pelos doentes, para que tenham toda a assistência em saúde e cuidados que necessitam; e também para que todos tenham acesso a vacinas para que a pandemia de COVID-19 seja superada.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter