Câmara de SP elege integrantes da nova Mesa Diretora para exercício legislativo de 2023

Câmara de SP elege integrantes da nova Mesa Diretora para exercício legislativo de 2023, Jornal O São Paulo
Foto: Richard Lourenço | REDE CÂMARA SP

Os novos integrantes da Mesa Diretora que conduzirá os trabalhos da Câmara Municipal de São Paulo em 2023 foram eleitos em Sessão Extraordinária realizada nesta quinta-feira (15/12).

No processo eleitoral, foram escolhidos o presidente, 1º vice-presidente, 2º vice-presidente, 1° secretário, 2° secretário, 1° suplente e 2° suplente da Casa. Também foi definido o novo corregedor-geral da Câmara. A posse da nova Mesa Diretora será no dia 1º de janeiro de 2023.

vereador Milton Leite (UNIÃO) foi reeleito presidente da Câmara com 47 votos favoráveis. A concorrente, vereadora Silvia da Bancada Feminista (PSOL), recebeu sete votos. Houve, ainda, uma abstenção.

Após a eleição, Milton Leite agradeceu aos votos e à reeleição. “Agradeço os votos dos senhores e senhoras vereadores por essa recondução”, disse. “Queria agradecer por mais essa missão que estaremos juntos, no ano de 2023, para realizar um trabalho para quem? Para a sociedade paulistana, porque esse é o nosso grande objetivo, inclusive com a colaboração de todos os partidos”, ressaltou Leite.

Durante a eleição, foi exibido um vídeo com o resumo das principais conquistas da Câmara em 2022, além de um breve histórico dos últimos anos da Casa. Leite também fez um anúncio. “Hoje é um dia que marca a minha história na Câmara Municipal de São Paulo”, comentou. “Este é meu último mandato nesta Casa, vou me despedir da vida pública”, afirmou, completando que não se candidatará a uma nova reeleição em 2024.

Para a 1ª vice-presidência da Câmara, foi eleito o vereador Xexéu Tripoli (PSDB), que recebeu 47 votos favoráveis. Ele exercerá a função ao longo de 2023. O vereador André Santos (REPUBLICANOS) foi escolhido para ocupar o posto de 2° vice-presidente, com 48 votos favoráveis.

Já o vereador Alessandro Guedes (PT) foi eleito 1° secretário com 45 votos favoráveis, enquanto o 2° secretário, vereador Marlon Luz (MDB), foi escolhido para o cargo com 46 votos a favor.

Suplentes

Para a 1ª suplência da Mesa Diretora, também foi eleito o vereador Milton Ferreira (PODE), que obteve 45 votos favoráveis. A 2ª suplência ficou com o vereador Isac Félix (PL), eleito para o cargo com 47 votos a favor.

Corregedor-geral

Por fim, foi eleito corregedor-geral da Câmara Municipal de São Paulo o vereador Rubinho Nunes (UNIÃO), com 37 votos favoráveis.

Fonte: Câmara Municipal de São Paulo

Leia mais
Câmara aprova projeto que proíbe uso de técnicas de construção hostis em espaços públicos

Deixe um comentário