‘Deus não abandona aqueles que a ele se confiam inteiramente’

Na missa desta sexta-feira, 26, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, meditou sobre a firmeza na fé em meio às dificuldades como condição essencial da vida cristã.

A Eucaristia, celebrada na capela da residência arquiepiscopal, foi transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese.

Invocar o Senhor

A primeira leitura (Jr 20,10-13) destaca a imagem do profeta perseguido, maltratado e que injustamente querem mata-lo. No entanto, ele manifesta sua confiança e Deus, na certeza de que não será abandonado.

Essa confiança também é ressaltada no refrão do salmo responsorial (Sl 17): “Ao Senhor eu invoquei na minha angústia e ele escutou a minha voz”.

“Podemos passar por situações semelhantes em nossa vida, momentos de angústia, de prostração, de não ter defesas e, por isso, resta-nos a confiar em Deus que, com certeza, não abandona aqueles que a Ele se confiam inteiramente”, afirmou Dom Odilo, na homilia.

Entretanto, o Cardeal alertou quem recorre a Deus esperando que ele encubra seu pecado ou desonestidade não terá o seu auxílio. “Deus chama a conversão e pede que cada um se volte a Ele de todo coração, arrependido e, então, Ele dará seu perdão, misericórdia e proteção”, acrescentou.

Filho de Deus

No Evangelho  do dia (Jo 10,31-42), os judeus desejavam apedrejar Jesus por afirmar ser o Filho de Deus, o que era considerado uma blasfêmia. Ao comentar esse trecho, o Arcebispo destacou que o principal motivo da condenação de Jesus não foram as boas obras que ele realizou, mas o fato de se proclamar Deus.

“Nós não seguimos apenas um grande profeta, um poeta, alguém que gosta da natureza e fala coisas bonitas. Nós cremos, sim, no Filho de Deus feito homem e que, por meio dele, Deus manifesta a sua Palavra, mostra o caminho para que todos tenham a vida eterna”, salientou Dom Odilo.

O evangelista também narra que muitos, porém, creram em Jesus e o seguiram, dizendo: “João [Batista] não realizou nenhum sinal, mas tudo o que ele disse a respeito deste homem, é verdade”. “Esses, portanto, abriram-se à fé”, assinalou o Cardeal.

“Que Deus no dê a força, confiança e firmeza na fé, mesmo nos momentos de dificuldade”, conclui o Arcebispo.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter