‘Deus nunca nos abandona, pois ele está no meio de nós’

‘Deus nunca nos abandona, pois ele está no meio de nós’, Jornal O São Paulo
Cardeal Odilo Scherer (Foto: Bruno Melo/arquivo)

Na missa da segunda-feira, 6, o Cardeal Odilo Pedro Scherer enfatizou que Deus se faz presente no meio da humanidade fragilizada para realizar a sua salvação.

O Arcebispo de São Paulo presidiu a Eucaristia na capela de sua residência, transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese.

Promessa

Na primeira leitura do dia (Is 35,1-10), o profeta Isaías convida a terra inteira, que era deserta e intransitável a “exultar” e louvar a Deus, assim como todos aqueles que vivem na tristeza, abatidos, a fortalecer “as mãos enfraquecidas” e a firmar “os joelhos debilitados”, convidando-os a olhar para as maravilhas do Senhor.

“Os olhos dos cegos e se descerrarão os ouvidos dos surdos. O coxo saltará como um cervo e se desatará a língua dos mudos, assim como brotarão águas no deserto e jorrarão torrentes no ermo”, diz o profeta.

Ao comentar esse texto, Dom Odilo afirmou que o tempo do Advento recorda a promessa de salvação de Deus que se realiza ao longo da vida, apesar das dificuldades e fragilidades. “Deus vem ao nosso encontro”, completou.

Cura do paralítico

No Evangelho (Lc 5,17-26), Jesus cura o paralítico levado até ele pelo telhado de uma casa. O Cardeal relaciona esse trecho com o texto anterior, recordando que o paralítico representa aquele que tinha os “joelhos debilitados” e não podia se levantar. “Jesus o curou e, porque os fariseus e escribas reclamaram que ele o fizera em dia de sábado, também perdoou seus pecados. Aí, manifestou-se a salvação de Deus no meio dos homens”, destacou o Arcebispo.

“O Senhor está no meio de nós! Essa é uma profissão de fé que fazemos em todas as missas. É uma verdade que nós afirmamos, pois Deus está no meio da humanidade e nos convida a também nos tornarmos colaboradores da sua obra, para que o ‘deserto’ possa florescer... Que a pobreza e a miséria possam ser superadas mediante novas posturas e, assim, irão se alegrar aqueles que andavam na tristeza”, frisou Dom Odilo.

“Deus conta com a nossa participação para se cumprir a cada dia essa profecia... Que o Senhor nos dê coragem, perseverança, que nunca esqueçamos que Deus nunca nos abandona, pois ele está no meio de nós”, concluiu o Cardeal.

Deixe um comentário