Dom Odilo exorta fiéis a rezarem pelos falecidos e a refletirem sobre o sentido da vida

‘Depois de morrer, devemos nos apresentar diante de Deus’, ressaltou o Arcebispo Metropolitano de São Paulo em missa no Cemitério da Vila Formosa

por Ednilson Antonio Ferretto – da Pascom da Paróquia Menino Deus

Fotos: Giseli da Silva Diogo Santos                           

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu missa campal no Cemitério de Vila Formosa, na zona Leste de São Paulo, às 8h da quinta-feira, 2, por ocasião da Comemoração de Todos os Fiéis Defuntos.

O Arcebispo lembrou que nesta data não apenas se reza pelos falecidos, mas também se recorda o sentido da vida. Destacou, ainda, que a fé cristã tem uma resposta para o mistério da existência humana; sobre a vida e sobre a morte; e sobre o futuro.

Dom Odilo ressaltou que se vive uma vez apenas e morre-se uma vez somente; e que depois virá o julgamento de Deus a cada pessoa, quando teremos a vida eterna ou a condenação eterna. “Depois de morrer, devemos nos apresentar diante de Deus”, apontou.

O Cardeal também citou a parábola dos talentos: “Muito bem servo bom e fiel, entra na alegria do teu Senhor”. Ou então: “Servo malvado e preguiçoso, o que fizeste dos dons que recebestes?”. E concluiu que teremos a vida eterna como recompensa ou a condenação eterna como castigo, e que estas certezas devem nos ajudar a viver bem.

Dom Odilo também falou sobre como deve ser a relação de toda a comunidade de fiéis com os doentes, sobretudo com aqueles à beira da morte. Ele lembrou que na Igreja há o costume e a orientação de assistir a quem está doente, jamais abandonar uma pessoa nessa condição e dela se aproximar também com a oração e a Palavra de Deus que traz conforto e que fará o enfermo lembrar que está nas mãos de Deus.

A missa foi concelebrada pelo Padre Neidson Gomes, Pároco da Paróquia Menino Deus, com a assistência de diáconos permanentes que atuam na Região Belém.

guest
1 Comentário
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Hermenegildo Malaguti
Hermenegildo Malaguti
3 meses atrás

A homilia de Dão Odilo foi maravilhosa, uma perfeita catequese dada com muita sabedoria , amor aos fiéis presentes, foi o que eu senti e saí desta celebração cheio de esperança em Jesus Cristo.