Em Santana, agentes pastorais se engajam nas ações do Dia Mundial dos Pobres

Em Santana, agentes pastorais se engajam nas ações do Dia Mundial dos Pobres
Maria aparecida

As paróquias da Região Episcopal Santana promoveram iniciativas concretas durante a V Jornada Mundial dos Pobres. Houve distribuição de alimentos, cestas básicas, kits de higiene pessoal, roupas e brinquedos.

A Paróquia Nossa Senhora da Penha, no Jardim Peri, por exemplo, entregou marmitas, roupas e água na Comunidade Boi Malhado, destruída por um incêndio no dia 8.

Informação que leva à ação

Entre os dias 8 e 14, também foram tomadas várias iniciativas para mostrar a importância do engajamento das pessoas nessa ação de fraternidade. A Pastoral da Comunicação (Pascom) exibiu nas redes sociais um conjunto de vídeos da série “Cardápio da Semana”, com assuntos referentes ao tema.

Uma das gravações mostra o casal Valdeir e Roseli em ação caritativa na Paróquia São Francisco Xavier. A equipe prepara marmitas para distribuir a pessoas em situação de rua. Em outra gravação, a estudante Mariana convida os jovens a participarem da campanha.

É dia de partilha e não de esmola         

No dia 8, o Núcleo Regional Santana da Caritas Arquidiocesana de São Paulo promoveu uma live sobre o lema bíblico deste ano “Sempre tereis pobres entre vós”, e o tema “Sentes compaixão?”, conduzida pelo vice-diretor da entidade, Diácono Márcio José Ribeiro, que explicou sobre a criação do Dia Mundial dos Pobres, que tem por objetivo estimular uma reação diante da cultura do descarte e do desperdício, assumindo a cultura do encontro.

“O Papa nos lembra de que não é um dia de prática da esmola. É um dia de partilha. Temos que ir às ruas, embaixo dos viadutos, ao centro da cidade, aos centros comerciais dos nossos bairros. Ver as pessoas em situação de rua. Ir aonde eles estão.” Também citou dados sobre a pobreza no Brasil que justificam a urgência de ações concretas dos governos e da sociedade.

No dia 10, houve a reza do Terço da Caridade, pelo Zoom, com o tema “Maria, Mãe dos Pobres”.

Podcast ‘A Voz do Canto’

Na sexta-feira, 12, a Comunidade Canto de Maria publicou nas redes sociais um podcast sobre o Dia Mundial dos Pobres. A jornalista Mariana Carvalho e a advogada Gabriela Santos convidaram o Diácono Nilo Carvalho para falar sobre o assunto. Ele atua na Paróquia Santa Teresinha, é coordenador do Núcleo Regional Santana da Caritas e, também, membro da Comunidade Canto de Maria.

Citando trechos da mensagem do Papa, o Diácono Nilo Carvalho destacou que não se deve ter um olhar de julgamento para justificar um ato de caridade. “Passamos pelas pessoas em situação de rua e pensamos: ‘Não vou doar porque devem estar ali porque querem; porque não foram capazes de tocar a sua vida’.”

O Diácono mencionava as palavras de São João Crisóstomo, recordadas pelo Papa Francisco: “Quem é generoso não deve pedir contas do comportamento, mas somente melhorar a condição de pobreza e satisfazer a necessidade”.

(Por Edmilson Fernandes – Colaborador de comunicação na Região)

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter