Morre, aos 68 anos, Padre ‘Ticão’

Padre ‘Ticão’ (Foto: Luciney Martins/O SÃO PAULO)

A Diocese de São Miguel Paulista comunicou o falecimento do Padre Antonio Luiz Marchinoni, mais conhecido como Padre “Ticão”, na noite desta sexta-feira, 1º, aos 68 anos.

O Sacerdote foi internado na quarta-feira, 30, no Hospital Santa Marcelina, na zona Leste. De acordo com o comunicado do hospital, “o paciente deu entrada na unidade em decorrência de uma arritmia cardíaca e o diagnóstico de edema pulmonar, permanecendo internado sob cuidado intensivo e cardiológico”. Na sexta-feira, sofreu uma parada cardíaca e não resistiu.

Biografia

Nascido em Urupês (SP), Padre “Ticão” tinha 42 anos de sacerdócio e chegou à Arquidiocese de São Paulo na década de 1970. Era conhecido por seu engajamento em causas sociais, especialmente na zona Leste da capital paulista.

Há mais de 30 anos, era pároco da Paróquia São Francisco de Assis, em Ermelino Matarazzo. Com a criação da Diocese de São Miguel Paulista, em 1989, essa Paróquia integrou o território da nova circunscrição e o Padre “Ticão” passou a pertencer ao clero da nova diocese.

Funeral

O velório ocorre das 6h às 14h deste sábado, 2, na Paróquia São Francisco de Assis, onde o Bispo diocesano de São Miguel Paulista, Dom Manuel Parrado Carral, preside uma missa de corpo presente, às 10h. Em seguida, o corpo será sepultado no Cemitério do Carmo I, em Itaquera.

Comentários

  1. Se fiz uma faculdade – devo a luta do Pe. Tição que sempre lutou por melhorias na Cidade e principalmente pela Zona Leste uma região bastante carente. Que Deus possa receber esse grande homem. Amém!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter