‘O amor sincero, verdadeiro e efetivo chega ao coração de Deus’

Afirmou o Cardeal Scherer em missa na manhã da quinta-feira, 16

Reprodução da internet

No dia em que se celebra a memória litúrgica de São Cornélio e São Cipriano, martirizados no século III, o Cardeal Scherer exortou que, pelo testemunho dos mártires, a Igreja continue firme na sua missão de evangelizar e ressaltou que o amor sincero desperta a misericórdia de Deus.

Dom Odilo presidiu missa na manhã da quinta-feira, 16, na capela da residência arquiepiscopal, transmitida pela rádio 9 de julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese. 

Na homilia, o Arcebispo destacou que na primeira leitura (1 Tm 4, 12-16) o apóstolo São Paulo pede ao jovem Timóteo não se intimide diante da missão que lhe é dada de ser um representante de Cristo.

Ao falar sobre o Evangelho do dia (Lc 7,36-50) – passagem em que Jesus em visita à casa de um fariseu perdoa todos os pecados de uma mulher considerada como impura e pecadora pelas demais pessoas –,  o Arcebispo comentou que dentre os muitos ensinamentos que esta cena pode transmitir, uma delas é a respeito da misericórdia de Deus para com aquele que se reconhece pecador.

“O amor sincero, verdadeiro e efetivo chega ao coração de Deus e ‘arranca’, por assim dizer, o perdão para os muitos pecados”, afirmou, ponderando que aqueles que dizem ter um coração puro, mas que, de fato, têm um coração duro, não alcançarão a misericórdia divina, e que não ninguém deve colocar-se na condição de acusador do próximo. “Todos precisam da misericórdia de Deus”, enfatizou.

CLIQUE E ASSISTA A ÍNTEGRA DA MISSA

(foto da capa: Bruno Melo/Arquivo)

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter