‘Que nunca tornemos inútil o projeto de Deus em nossa vida’

‘Que nunca tornemos inútil o projeto de Deus em nossa vida’
Cardeal Odilo Scherer (Foto: Bruno Melo/arqquivo)

Na missa da quinta-feira, 16, o Cardeal Odilo Pedro Scherer ressaltou a importância da abertura do coração para acolher a graça e misericórdia de Deus que transforma a vida do ser humano.

O Arcebispo de São Paulo presidiu a Eucaristia na Capela da Sua residência, transmitia pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese.

Jerusalém

Na primeira leitura (Is 54, 1-10), o profeta Isaías compara Jerusalém a uma mulher estéril e abandonada, e anuncia que Deus, como o esposo, virá ao seu encontro para consolá-la.

“Essa profecia continua a valar para a Igreja e para a humanidade. Passamos por tempos de aflição que devem sempre nos levar a refletir sobre o que fizemos e como vivemos longe de Deus, ignorando os seus caminhos”, destacou Dom Odilo, na homilia.

O Arcebispo recordou que o tempo do advento é oportuno para reavaliar a vida,  fazer uma boa confissão para celebrar o Natal reconciliado com Deus.

João Batista

No Evangelho do dia (Lc 7,24-30), Jesus discursa sobre João Batista, e afirma que “entre os nascidos de mulher, ninguém é maior do que João”.

Os fariseus e mestres da lei, no entanto, “rejeitando o batismo de João, tornaram inútil para si mesmos o projeto de Deus”.

Ao comentar esse trecho, o Cardeal Scherer afirmou que quando o ser humano se fecha para a ação de Deus em sua vida, tonar o seu projeto salvífico inútil. “Isso significa fechar-se à salvação, à misericórdia de Deus”, enfatizou.

“Que nós nunca tornemos inútil o projeto de Deus em nossa vida”, concluiu Dom Odilo.  

Deixe um comentário