Santa Paulina com os profissionais da saúde

Imagem de Santa Paulina é levada ao Hospital São Camilo, dia 9

A Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição celebrou na quinta-feira, 9, o dia de Santa Paulina. Em razão da pandemia do novo coronavírus, não houve a presença física de fiéis na Capela Sagrada Família e Santa Paulina, onde estão os restos mortais da Santa.

Pela manhã, a imagem de Santa Paulina percorreu as ruas do Ipiranga, bairro onde ela viveu por muito tempo, cuidando dos doentes, órfãos e demais pessoas excluídas pela sociedade. A imagem foi levada à igreja matriz da Paróquia Imaculada Conceição, à qual a Capela pertence; à Paróquia São José, também no Ipiranga; e aos hospitais São Camilo e Ipiranga, locais em que houve momentos de oração pelos profissionais da saúde que estão na linha de frente do combate à pandemia. Irmã Maria das Graças Sampaio, Irmã Terezinha Silva, Padre Rodrigo Pires e membros da Família Madre Paulina (Famapa) acompanharam o percurso.

Houve, ainda, um tour virtual pelo Memorial Santa Paulina, transmitido pelo Facebook, mostrando quadros, fotos, objetos e mobílias da Santa.

No fim da tarde, Padre Rodrigo Pires, Capelão, presidiu a celebração eucarística, concelebrada pelo Padre Valdenício Antônio da Silva, Pároco da Paróquia São José. A missa também foi transmitida pelo Facebook.

Ao final da celebração, Irmã Roseli Amorim, Coordenadora-geral da Congregação, agradeceu a Deus por fazer parte do carisma deixado por Santa Paulina e recordou as irmãs idosas que são os pilares de oração das Irmãzinhas da Imaculada Conceição na missão.

A Congregação também comemorou 130 anos de existência no domingo, 12, com missa na Capela e uma live transmitida pelo Facebook com testemunhos, mensagens e músicas.

Texto e foto: Renata Quito – COLABORAÇÃO ESPECIAL PARA A REGIÃO

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter