‘Seguir Jesus Cristo é colocar-se a serviço e doar a vida’

‘Seguir Jesus Cristo é colocar-se a serviço e doar a vida’, Jornal O São Paulo
Dom Odilo Scherer (foto: Bruno Melo/arquivo)

Na missa da quarta-feira, 26, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, destacou que a vida cristã deve ser marcada pela humildade e o serviço, a exemplo de Jesus Cristo.

A Eucaristia, celebrada na capela da residência arquiepiscopal, foi transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese.

Nesta data, a Igreja celebra a memória litúrgica a São Filipe Neri, sacerdote nascido em Florença, na Itália, em 1515. Em Roma, dedicou-se ao apostolado da juventude e estabeleceu uma associação em favor dos doentes pobres, levando uma vida de grande perfeição cristã. Foi ordenado presbítero em 1551 e fundou o Oratório que tinha por finalidade dedicar-se à instrução espiritual, ao canto e às obras de caridade. Foi reconhecido, sobretudo, por seu amor ao próximo, pela sua simplicidade evangélica e pela sua alegria no serviço de Deus. Morreu em 1595.

“Peçamos por todos aqueles que trabalham com a educação da juventude para que, pela intercessão de São Filipe Neri, possam realizar um bom trabalho”, disse Dom Odilo, no início da missa.

Beber o cálice

O Evangelho do dia (Mc 10,32-45) mostra Jesus que sobe a Jerusalém e anuncia aos discípulos a sua paixão. Durante o caminho, Tiago e João pedem ao Senhor para se sentarem ao seu lado quando estiver na glória. Jesus, porém, “Vós não sabeis o que pedis. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber? Podeis ser batizados com o batismo com que vou ser batizado?”

O Cardeal enfatizou que diante do ato de vaidade dos dois apóstolos, Jesus ensina que o caminho da humildade e do serviço, afirmando que veio para servir e não para ser servido e “e quem quiser ser o primeiro seja o escravo de todos”.

“Seguir Jesus Cristo é colocar-se a serviço como ele serviu, amar como ele amou, portanto, doar a vida. Segui-lo é participar do risco que ele próprio enfrentou”, afirmou o Arcebispo, recordando que, assim como Mestre, o cristão dever servir e não procurar ser servidos.

“Que Deus nos dê a força, a coragem, a constância e a perseverança no seguimento de Jesus, mesmo que seja também no caminho da cruz”, concluiu Dom Odilo.

Deixe um comentário