Vacinação contra COVID-19: Drive-thrus e megapostos da capital fecham temporariamente

Imunização continua nas demais unidades de saúde para a repescagem de quem têm de 50 a 59 anos e ainda não se vacinou

Agência Brasil

A Secretaria Municipal da Saúde informou que na segunda-feira, 21, e terça-feira, 22, estarão fechados os postos de drive-thru, megapostos e farmácias que fazem parte da campanha de vacinação contra a COVID-19.

O fechamento temporário se deve ao fato de a 1a dose do imunizante já ter sido aplicada em mais de 70% do público de 1,4 milhão de pessoas na faixa etária de 50 a 59 anos.

Nesses dois dias, haverá a repescagem para quem faz parte desse grupo e, por alguma razão, não se vacinou ao longo desta semana.

A vacinação está sendo feita nas 468 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), inclusive nas que têm sistema drive-thru, além dos 17 Serviços de Assistência Especializada (SAE) e três Centros de Saúde. No entanto, havia relatos na tarde da segunda-feira da falta de imunizantes em mais de cem UBSs da cidade. À imprensa, a Prefeitura informou se tratar de problemas pontuais, decorrente do aumento da demanda pelas vacinas.

Ritmo de vacinação

De acordo com levantamentos de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde, até às 20h de domingo, 20, um total de 63.187.356 pessoas já receberam a 1a dose da vacina contra a COVID-19, o que representa 29,84% da população brasileira

Já a 2a dose foi aplicada em 24.280.894 pessoas (11,47% da população), num total de mais de 87.468.250 pessoas em todos os estados e no Distrito Federal.

A imunização em São Paulo

Até às 20h do domingo, 20, um total de 15.725.326 pessoas já tinham recebido a 1a dose da vacina contra a COVID-19 no estado de São Paulo. Já a 2a dose foi aplicada em 6.016.798 milhões de pessoas no território paulista.

Os drive-thrus, megapostos e postos volantes em farmácias reabrem a partir de quarta-feira, 23, quando terá início, de forma escalonada, a vacinação de pessoas de 45 a 49 anos de idade, começando pelas de 48 e 49 anos na quarta.

A prefeitura recomenda que os munícipes façam o pré-cadastro no site Vacina Já para agilizar em até 90% o tempo de atendimento para a imunização e que evitem aglomeração. Para verificar o melhor momento de ir a um posto, os cidadãos podem consultar a página De Olho na Fila, que mostra em tempo real o movimento em cada local de vacinação da capital.

Clique aqui para saber onde se vacinar

A vacinação também continua para os grupos com as seguintes comorbidades:

– Insuficiência cardíaca
– Cor-pulmonale e hipertensão pulmon
– Cardiopatia hipertensiva
– Síndrome coronariana
– Valvopatias
– Miocardiopatias e pericardiopatias
– Doença da aorta, dos grandes vasos e fístolas arteriovenosas
– Arritmias cardíacas
– Cardiopatias congênitas no adulto
– Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
– Diabete mellitus
– Pneumopatias crônicas graves
– Hipertensão arterial resistente
– Hipertensão arterial estágio 3
– Hipertensão estágios 1 e 2 com lesão de órgãos alvos
– Doença cerebrovascular
– Doença renal crônica
– Imunossuprimidos
– Anemia falciforme
– Obesidade mórbida’

(Com informações de Prefeitura de SP) 

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter