Vítima da COVID-19, morre aos 67 anos o ex-deputado estadual Carlos Neder

Político também foi vereador por quatro mandatos na capital paulista e secretário municipal de Saúde

Fonte: ALESP

Faleceu no sábado, 25, aos 67 anos de idade, o ex-deputado estadual e ex-vereador Carlos Neder (PT), por complicações de Saúde decorrentes do contágio com a COVID-19.

Ele estava internado desde 8 de agosto no Hospital São Camilo, em São Paulo e nos últimos dias precisou ser intubado e internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com a família, não haverá velório para que se evite aglomerações.

Vida pública

Nascido em Campo Grande (MS), em 1953, Carlos Alberto Pletz Neder mudou-se para São Paulo na década de 1970 para cursar Medicina na USP. Já naquela época, passou a se engajar em movimentos populares com vistas a melhorias na Saúde Pública e já colaborava com as Pastorais Operária e da Saúde.

Neder que também era mestre em Saúde Pública pela Unicamp é um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores. Ele atuou como secretário municipal de Saúde no governo Luiza Erundina entre 1990 e 1992. Foi eleito vereador pela primeira vez em 1996 e exerceu a função por quatro mandatos, com projetos de lei nas áreas de Saúde, Educação e economia solidária. Também incentivou iniciativas de comunicação popular nas periferias da capital paulista.

Carlos Neder foi deputado estadual por três mandatos, nos quais apresentou mais de 60 projetos, sendo autor de leis que instituem fóruns de saúde, como o Fórum Suprapartidário em Defesa do SUS e da Seguridade Social. Também é de sua autoria a lei que institui o Quesito Cor nos bancos de dados ligados ao governo estadual.

Outros de seus projetos que viraram leis municipais foram os que instituíram programas como o Banco do Povo (crédito para pequenos empreendedores), Educomunicação (rádio nas escolas), Prevenção de Violência nas Escolas, conselhos gestores do Sistema Único de Saúde, dos parques e dos CEUs, programas de incentivo ao aleitamento materno, saúde auditiva e de anemia falciforme.

Também atuou em comissões parlamentares de inquérito como as que investigaram e denunciaram esquemas de corrupção, como o escândalo nas licitações para compra de frango para a merenda escolar e a fraude das carteiras de habilitação do Detran-SP.

Fontes: Alesp e G1

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter