Reconhecida a ‘oferta da vida’ do brasileiro Franz de Castro Holzwarth

Reconhecida a ‘oferta da vida’ do brasileiro Franz de Castro Holzwarth, Jornal O São Paulo
Foto: Vatican Media

Por meio do Dicastério para as Causas dos Santos, o Papa Francisco reconheceu no sábado, 17, um ato equivalente ao martírio do advogado brasileiro morto pela polícia quando tentava mediar rebelião de 12 prisioneiros, em 1981: Franz de Castro Holzwarth.

Aos 38 anos, ele “ofereceu a vida” ficando no lugar de um refém policial militar em meio a um motim de presos. Franz de Castro Holzwarth era conhecido pelo apostolado que realizava no cárcere, como membro da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac). Os presos confiavam nele. No entanto, após a troca, a polícia atirou contra os presos e Holzwarth morreu junto com eles.

Esse reconhecimento de doação da própria vida ajuda a avançar a causa de beatificação do “servo de Deus”, pois se pode dispensar a comprovação de um milagre por sua intercessão. O processo foi apresentado pela Diocese de São José dos Campos, já que Holzwarth era de Jacareí (SP). (FD)

Leia mais
Mártir Isabel Cristina será beatificada no sábado, 10, em Minas Gerais

Deixe um comentário