Terra Santa: o Papa pede a toda a Igreja para rezar pela paz

Francisco convida todos os pastores do mundo a se unirem à Vigília de Pentecostes celebrada pelos Ordinários Católicos na Igreja de Santo Estêvão, em Jerusalém

Terra Santa

A Igreja inteira unida com a Vigília de Pentecostes celebrada em Jerusalém. Foi o que anunciou o Papa Francisco, na manhã da sexta-feira, 21, no final de seu discurso aos novos embaixadores não-residentes credenciados junto à Santa Sé. O Papa convidou as Igrejas de todo o mundo a rezar e implorar a paz na Terra Santa, unindo-se à celebração promovida pelos Ordinários católicos na Cidade Santa.

“O meu pensamento”, disse Francisco, “é para o que está acontecendo nestes dias na Terra Santa. Agradeço a Deus pela decisão de deter os confrontos armados e espero que se percorram os caminhos do diálogo e da paz. Amanhã à noite, os Ordinários católicos da Terra Santa celebrarão junto com seus fiéis a Vigília de Pentecostes na Igreja de Santo Estêvão, em Jerusalém, implorando o dom da paz”.

“Aproveito a ocasião”, acrescentou o Papa, “para pedir a todos os pastores e fiéis da Igreja católica que se unam a eles na oração. Que se eleve em cada comunidade a súplica ao Espírito Santo para que israelenses e palestinos encontrem o caminho do diálogo e do perdão, para serem pacientes construtores de paz e de justiça, abrindo-se, passo a passo, a uma esperança comum, a uma convivência entre irmãos”.

Estas últimas palavras ecoam o apelo pela paz na Terra Santa já feito no domingo passado.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter