‘Há um grande abismo entre nós’ (Lc 16,26)

Geralmente, Nosso Senhor não nomeia personagens de suas parábolas. O Evangelho deste Domingo é uma exceção. Temos de um lado um pobre esquecido por todos, que morre e vai direto ao Paraíso. Este possui um nome: Lázaro. De outro lado, vemos um rico com vestes caras e boa comida, que ignorava o pobre caído à sua porta. Este, ao contrário, não tem nome e, ao morrer, vai para o inferno. É um anônimo, pois não tinha o nome inscrito nos ... Leia mais

‘Ele agiu com esperteza...’ (Lc 16,8)

“Um homem rico tinha um administrador acusado de esbanjar os seus bens...” (Lc 16,1). Esse “administrador” somos nós! Os bens materiais e espirituais que possuímos não são totalmente “nossos”. Dinheiro, propriedades, família, saúde, inteligência, tempo, a graça e as virtudes nos foram dados por Deus como a “administradores”, para que cuidemos deles e façamos frutificar. Ora, devemos confessar que às vezes não os guardamos como deveríamos; “esbanjamo-los”; tornamo-los estéreis; utiliza- mo-los de modo egoísta!  O Evangelho recorda-nos de que não ... Leia mais

‘Ele caiu em si mesmo’

Depois de ter levado uma “vida desenfreada” em um “lugar distante”, desejando sem sucesso se saciar com o alimento de porcos, o filho pródigo finalmente retornou a casa (cf. Lc 15). Segundo Jesus, essa decisão foi possível apenas quando ele “caiu em si” (Lc 15,17).  A conversão a Deus e a santificação cotidiana somente acontecem quando nos confrontamos com quem realmente somos. Não se trata de ser autocentrados e fechados ao exterior, mas de olhar com serenidade a nossa alma, ... Leia mais

A perseverança na fé

Levar até o fim as boas obras é algo difícil e uma das coisas mais importantes desta vida. As coisas mais importantes que podemos cultivar neste mundo, como o casamento, a vocação, a prática da oração, a educação dos filhos, o cuidado de um doente, a fé e o amor a Jesus Cristo, exigem-nos a virtude da perseverança!  Para essas coisas, não basta a empolgação do início. É necessária uma fidelidade sempre nova, que não nos deixe à mercê dos ... Leia mais

‘É aos humildes que Ele revela seus mistérios’

Uma das qualidades humanas mais elogiadas por Deus é a humildade. Por três vezes, a Escritura diz que “Deus resiste aos soberbos, mas concede a graça aos humildes” (Pr 3,34; Tg 4,6; 1Pd 5,5). Nosso Senhor, no Evangelho, o confirma: “Quem se eleva, será humilhado e quem se humilha, será elevado” (Lc 14,11). Depois da fé, da esperança e da caridade, a humildade é a virtude mais importante. Peçamo-la ao Senhor! Ela é fundamento das demais virtudes. Permite-nos ver quem ... Leia mais

Maria foi Assunta aos Céus: alegrem- se os Anjos!

A Virgem Maria foi escolhida, desde toda a eternidade, para a vocação mais sublime que uma criatura poderia receber: ser, segundo a carne, a Mãe de Deus. Para este fim, o Senhor a salvou por antecipação, preservando-a desde a concepção da mancha do pecado original. Dotada de um coração e de um corpo inteiramente consagrados a Deus, Nossa Senhora permaneceu espiritual e fisicamente virgem antes, durante e depois do parto de Jesus. Como coroação de sua passagem por este mundo, ... Leia mais

Nosso confronto com o mal

No Evangelho do 20º Domingo do Tempo Comum, há uma expressão de Jesus que precisa ser bem compreendida. Jesus está a caminho de Jerusalém, onde o espera a paixão e a morte. Nesse contexto, pergunta aos Apóstolos: Julgais que Eu vim estabelecer a paz na terra? No entanto, sabemos que Jesus pregou sempre o perdão, a reconciliação, e transmitiu continuamente seu desejo de paz. Por isso, estranham essas palavras: Vim trazer a divisão. Precisamos lembrar que Jesus fala em um ... Leia mais
Bom Pastor

‘Não tenhais medo, pequenino rebanho!’

O católico, por definição, tem um coração universal! Acreditamos que Jesus é Deus e o único Salvador e que, portanto, todos os homens, de todos os lugares e de todos os tempos, são chamados a fazer parte da sua Igreja. O Senhor manifestou ser essa a sua vontade, quando ordenou: “Ide e fazei em todas as nações discípulos meus, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo e ensinando-lhes a observar tudo o que Eu vos ... Leia mais

‘Louco!’ (Lc 12,20)

Fomos criados para possuir e amar a Deus eternamente. O coração humano tem um “espaço” infinito a ser ocupado pelo próprio Senhor. Ainda que não nos demos conta, desejamos um tesouro imenso, aspiramos à beleza suprema, anelamos pela alegria, o prazer, o amor, a posse, a segurança e a paz perfeitos, que somente Ele pode proporcionar.  Contudo, desde o pecado original, o homem procura preencher esse “espaço” infinito com as criaturas, e aí está a raiz de todos os males! ... Leia mais

Porque Deus é Pai, pedimos!

Segundo São Lucas, tocado pela atitude de Nosso Senhor, que orava constantemente, um dos discípulos lhe pediu: “Senhor, ensina-nos a rezar, como também João ensinou a seus discípulos” (Lc 11,1). Jesus ensinou-lhes, então, o Pai-Nosso. Como sabemos, esta é a oração mais perfeita, pois foi ensinada pelo próprio Mestre. Embora as versões de Mateus e Lucas contenham pequenas variações, em ambos os casos a “Oração Dominical” é composta substancialmente por alguns pedidos dirigidos a Deus.  Isso mostra que a oração ... Leia mais