E se o sofrimento bate à porta?

Esta semana, vivi a experiência de acompanhar de perto uma situação bastante triste: pais que receberam um diagnóstico de uma doença grave do filho de 5 anos, que terão que submetê-lo a um tratamento pesado (que ainda nem sabem bem qual será). Eles não sabiam como dizer à criança o que estava acontecendo.  Claro que uma situação grave como essa, poucas vezes se apresenta na vida das pessoas. Mas, acompanhando famílias há muito tempo, percebo que uma das maiores dores … Leia mais

Diversidade – uma justa bandeira dos jovens

A promoção e valorização da diversidade é um fenômeno do nosso tempo. A busca pela inclusão gerou mudanças nas empresas, escolas, universidades, organizações sociais, publicidade, TV, cinema, e impactou políticas públicas.  Os jovens são os grandes representantes dessa mentalidade, assumindo a defesa intransigente da diversidade em todos os setores da vida social.  Muitos acreditam que essa mentalidade é tão somente fruto das pautas identitárias, em particular das ideologias de gênero e de raça, difundidas nas escolas e meios de comunicação, … Leia mais

Renovar mentes e corações para distinguir a vontade de Deus

A 4º sessão da assembleia do sínodo arquidiocesano de São Paulo, realizada no sábado, 3, foi iluminada pelo trecho da Carta de São Paulo aos Romanos (12,1-8), na qual o Apóstolo exorta os irmãos a, pela misericórdia de Deus, oferecerem seus corpos em “sacrifício vivo, santo e agradável a Deus”. Em seguida, estimula-os a não se conformarem com este mundo, mas transformá-lo “pela renovação da mente, para que possais distinguir o que é da vontade de Deus, o que é … Leia mais

Discernimento

‘Assim cada um de nós prestará contas a Deus de si próprio’ (Rm 14,12) Um carpinteiro se colocou, um dia, a construir uma escada para poder chegar ao céu. Passou um vizinho, viu o homem a trabalhar e disse: “Podes me dar um pedaço de madeira?”. “Por que não?”, disse o carpinteiro, “tenho madeira o suficiente”.  Depois, veio uma mulher e disse: “Com alguns pedaços dessa madeira da escada, eu poderia esquentar a comida para meus filhos”. O carpinteiro se … Leia mais

Bicentenário da independência

A independência política do Brasil completa 200 anos. Para além das motivações e das interpretações dos fatos que levaram a proclamar a independência, resta verdadeiro que a proclamação da independência foi um fato marcante e benéfico, que deu início a uma etapa nova na história do povo brasileiro. Não todos os problemas foram resolvidos com esse ato constitutivo formal da existência do Brasil como país; mas assumimos nosso próprio destino, sem a dependência formal de outro país, como era até … Leia mais

Direita, esquerda e o sangue dos mártires: a ideologia mata

A Doutrina Social da Igreja (DSI) é, desde seu início, um obstáculo às ideologias extremistas e forças políticas opressoras, tornando-se um incômodo aos mais diversos regimes e governos. Católicos que pregaram a DSI sofreram perseguição e até mesmo o martírio. Direita e esquerda, quando vividas de forma fechada, radical e apaixonada, levam à morte, destruição e opressão. A história prova isso, mas também os mártires são testemunhas do perigo das ideologias.  Em El Salvador, em 1980, o então bispo São … Leia mais

A perseverança na fé

Levar até o fim as boas obras é algo difícil e uma das coisas mais importantes desta vida. As coisas mais importantes que podemos cultivar neste mundo, como o casamento, a vocação, a prática da oração, a educação dos filhos, o cuidado de um doente, a fé e o amor a Jesus Cristo, exigem-nos a virtude da perseverança!  Para essas coisas, não basta a empolgação do início. É necessária uma fidelidade sempre nova, que não nos deixe à mercê dos … Leia mais

Missa de 7º dia por recém-nascidos falecidos?

A Aparecida, do bairro Itaim Paulista, tem a seguinte dúvida: “Por que é celebrada a missa de 7º dia e a missa para recém-nascidos que falecem?”  Sabe, minha irmã, duas situações podem ser consideradas na sua pergunta. Há os recém-nascidos batizados e os recém-nascidos não batizados. Nas duas situações, a missa de 7º dia é dispensável. A missa para os recém-nascidos batizados que falecem não é necessária porque eles são novas criaturas, libertadas da mancha do pecado original. E não … Leia mais
ilustra

A pós-verdade e o controle da mídia

“Pós-verdade” é um termo que vem sendo repetido pela mídia na última década. Como já disse, não gosto muito de termos forçosamente propostos, aplicados de forma massiva e não orgânica, que induzem a uma interpretação ideologicamente guiada.  Quando o termo é dúbio, costumo buscar socorro no dicionário por uma definição mais primária. A “pós-verdade” virou celebridade já na sua estreia, quando recebeu o título de “palavra do ano” pelo “Dicionário Oxford”, em 2016, que a definiu assim: “Circunstâncias nas quais … Leia mais

Diversidade, inclusão e a centralidade da pessoa na escola católica

Os termos diversidade e inclusão orientam grande parte dos posicionamentos político-culturais em nossa sociedade. Um grave limite das concepções hegemônicas de diversidade e inclusão, contudo, é que se referem a processos coletivos. É um grupo social que é reconhecido como diverso e com direito à inclusão. Pior: esse reconhecimento é definido em grande parte pelo poder político e pela capacidade de expressão cultural desse grupo, mais do que pelos direitos e necessidades reais de cada um. Muitas vezes, a pessoa … Leia mais