Missa marca comemoração dos 150 anos do Apostolado da Oração no Brasil

Na missa em ação de graças pelo aniversário de 150 anos do Apostolado da Oração,
Dom Vicente anuncia que está em tramitação a abertura do processo de beatificação e canonização do Padre Bartolomeu Taddei, fundador do movimento no Brasil.

Diocese de Jundiaí

Na sexta-feira, dia 1º, a Rede Mundial de Oração do Papa celebrou os 150 anos de fundação do Apostolado da Oração no Brasil, que nasceu pela perseverança do Padre Bartolomeu Taddei,  com a missão de rezar pelas necessidades da Igreja e do mundo e difundir a devoção ao Sagrado Coração de Jesus, verdadeiro testemunho de perseverança e religiosidade.

As comemorações foram marcadas pela Missa Solene em ação de graças, na Igreja Matriz Nossa Senhora Candelária, presidida por Dom Vicente Costa, Bispo de Jundiaí e na presença do Padre Eliomar Ribeiro, SJ, diretor nacional do Apostolado da Oração, e do Padre Francisco Carlos Caseiro Rossi, que além de pároco da Matriz, é também o Reitor do Santuário Nacional do Sagrado Coração de Jesus. Concelebraram vários presbíteros diocesanos e convidados.

Diocese de Jundiaí

Por conta da pandemia e seguindo as normas de combate à COVID-19, o número de participantes presentes na Matriz de Nossa Senhora da Candelária foi limitado. Mas os fiéis também puderam acompanhar a Santa Missa pela Rede Vida de Televisão, pelos canais da Rede Mundial de Oração do Papa e pelas redes sociais da Companhia de Jesus e da Diocese de Jundiaí.

Na homilia, Dom Vicente anunciou que está em tramitação a abertura de um processo para a beatificação e canonização do Padre Bartolomeu Taddei. Neste momento, a assembleia presente à celebração, formada especialmente por membros do Apostolado, demonstrou grande alegria com a notícia.

Após a missa, em procissão, os membros do Apostolado seguiram até o Santuário Nacional do Sagrado Coração de Jesus, onde nasceu o Apostolado da Oração. Neste local, o Coral Vozes de Itu e Schola Cantorum entoaram solenemente o Te Deum, seguido de oração pedindo a beatificação do Padre Bartolomeu Taddei.

Diocese de Jundiaí

As festividades terminaram com o lançamento do livro “Bartolomeu Taddei, o padre santo de Itu”, pela Editora Loyola, e de autoria de Luís Roberto de Francisco, um dos escritores da revista Mensageiro do Coração de Jesus.

(Com informações de Diocese de Jundiaí)

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter