Confira nossa versão impressa

‘A nossa fé tem como referência a Palavra de Cristo transmitida pelos apóstolos’

Disse o Cardeal Scherer, em missa na manhã desta sexta-feira, 3

‘A nossa fé tem como referência a Palavra de Cristo transmitida pelos apóstolos’

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, presidiu missa na capela de sua residência, transmitida pelo Facebook da Arquidiocese e pela rádio 9 de Julho (AM 1600 kHz), na manhã desta sexta-feira, 3, dia em que a Igreja celebra a festa de São Tomé.

Na homilia, Dom Odilo expressou que ‘bem-aventurados são aqueles que creram, sem terem visto’, pois estão entre aqueles que não conheceram Jesus pessoalmente como os apóstolos, mas acreditam na sua Palavra e no seu testemunho.

DE GERAÇÃO EM GERAÇÃO  

“No tempo de Jesus, tantos creram sem terem visto, ou acreditaram porque ouviram falar dos grandes sinais que Ele realizava, da Palavra que ele anunciava, do poder que Ele irradiava e de sua bondade. Ouviram falar de Jesus como sinal enviado por Deus para o meio do mundo. Eles tinham fé sem mesmo terem visto”, afirmou.

O Arcebispo de São Paulo lembrou que muitos creem por causa da Palavra e também pelo testemunho interrupto da Igreja, que há 2 mil anos, de geração em geração, testemunha a fé em Jesus.

“Uma geração vai passando para outra essa mesma fé. Portanto, somos uma comunidade que crê hoje como no princípio. Vez por outra, alguém começa a colocar problemas e a duvidar da fé, mas se reencontra na pregação dos apóstolos. A nossa fé tem como referência a Palavra de Cristo transmitida pelos apóstolos, das palavras que os apóstolos testemunham sobre Jesus” reiterou.

COM OS OLHOS DA FÉ

O Cardeal Scherer destacou que todos são convidados a buscar alimentar aquilo que acreditam, por meio do encontro com Jesus na pregação do Evangelho, nos sacramentos e na Eucaristia. O Arcebispo lembrou que Tomé queria ver para crer e, muitos ainda hoje desejam isso, mas é preciso enxergar com outros olhos.

“Ver para nós é uma graça, porém não é tudo, com os olhos físicos vemos alguma coisa, mas o mais importante ainda não vemos, pois o essencial está invisível aos olhos. Portanto, o mais importante é nós vermos com os olhos da fé, aquela visão interior que tem argumentos para crer.”

ACREDITOU E TESTEMUNHOU

Dom Odilo recordou que todos aqueles que ‘creem sem terem visto’, não precisam ter medo, pois não estão sozinhos, fazem parte da comunidade fé, a mesma dos santos, dos apóstolos, dos mártires, dos pastores e de tantos outros que se doaram pelo bem da Igreja e da humanidade. E concluiu, lembrando que Tomé não deve ser lembrado como o incrédulo, mas como aquele que acreditou firmemente.

“Após um momento de incredulidade, São Tomé passou no imaginário coletivo, infelizmente, como o apóstolo incrédulo. Mas não! Ele é apóstolo que acreditou e melhor expressou a sua fé. Muitos tem as suas dúvidas, mas quando descobrem os seus motivos de crer, mesmo ser ver, percebem a sua fé firme e profunda”, concluiu.

- publicidade -

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Compartilhe!

Últimas Notícias

Distribuidora de energia em SP suspende corte de energia por inadimplência

Enel fez acordo com o Procon-SP. Clientes poderão parcelar débitos Um acordo entre a Fundação Procon-SP e a Enel...

Um programa especial com respostas para muitas dúvidas

No domingo, 9, Dom Odilo respondeu a internautas sobrea Igreja doméstica, reencarnação, vida consagrada a Deus e nulidade matrimonial.

SP amplia programa Poupatempo de 75 para 340 unidades e investe em serviços digitais

 Estado aumentará cobertura de atendimento e levará serviços para todos os municípios; retomada nos postos ocorre dia 19

Famílias transformam a quarentena em oportunidade de conversão

“Fique em casa!” é uma das expressões mais ouvidas nos últimos cinco meses, desde quando começaram as...

Semana Nacional da Família destaca a missão da ‘Igreja doméstica’

“Eu e minha casa serviremos ao Senhor” (Josué 24,15) é o tema da Semana Nacional da Família,...

Newsletter