Confira nossa versão impressa

Apelo do Patriarca Raï: “Estados do mundo, ajudem-nos”

O Cardeal Béchara Raï propõe a criação de um “Fundo controlado pelas Nações Unidas” para administrar as ajudas no Líbano

Apelo do Patriarca Raï: "Estados do mundo, ajudem-nos"
Vatican Media

O patriarca de Antioquia e todo o Oriente e presidente da Assembleia dos patriarcas e bispos católicos do Líbano, Cardeal Béchara Boutros Raï, lança “um apelo aos Estados do mundo” após a “misteriosa explosão” que na tarde de terça-feira, 04, sacudiu a capital Beirute causando mais de cem mortos e 4.000 feridos, um balanço destinado a agravar-se.

Cena de guerra sem guerra

“Beirute é uma cidade devastada – escreve o purpurado em seu apelo enviado à agência Sir –, é uma catástrofe. Beirute, a noiva do Oriente e o farol do Ocidente, está ferida.” O patriarca maronita fala de “uma cena de guerra sem guerra”.

“Destruição e desolação em todas as suas ruas, bairros e casas. Dezenas de cidadãos perderam suas vidas; milhares estão feridos; hospitais, igrejas, casas, instituições, hotéis, lojas, edifícios públicos e privados foram destruídos. Centenas de famílias foram deixadas sem teto.”

Estado em situação de falência econômica e financeira

E tudo isso está acontecendo, afirma o patriarca, com “o Estado numa situação de falência econômica e financeira que o torna incapaz de enfrentar esta catástrofe humana e urbana. Além disso, o povo libanês vive num estado de pobreza e miséria”.

Também a Igreja, apesar de ter criado “uma rede de socorro” em todo o território libanês, “hoje se depara com um novo grande compromisso que não é capaz de assumir sozinha, apesar de ser totalmente solidária com os aflitos, as famílias das vítimas, os feridos e os desalojados, que está pronta para acolher em suas próprias estruturas”, enfatiza-se no apelo.

Ajudas para além da política e dos conflitos

O patriarca maronita agradece “a todos os Estados que expressaram sua vontade de ajudar Beirute” e se dirige a “outros países irmãos e amigos, os grandes Estados, bem como às Nações Unidas” a fim de que se mobilizem “para fornecer ajudas imediatas necessárias para salvar a cidade de Beirute”.

“Uma ajuda – frisa o apelo – que não deve levar em conta nenhuma consideração política, porque o que aconteceu vai além da política e dos conflitos.” O cardeal exorta também as agências e instituições de beneficência dos diversos países “a ajudar as famílias libanesas, e Beirute em particular, para que possam curar suas feridas e reconstruir suas casas”.

Proposta de um Fundo Onu para administrar as ajudas

“Nos últimos anos – prossegue o Patriarca –, o Líbano tem sofrido catástrofes políticas, econômicas, financeiras e de segurança. Precisamos de ajuda para nos levantarmos novamente. O Líbano, que deu o alfabeto ao mundo, merece o apoio de seus irmãos e amigos para reconstruir sua capital.”

A proposta do cardeal Béchara Raï é a criação de um “Fundo controlado pelas Nações Unidas” para administrar as ajudas. “Apelo a todos vocês, Estados do mundo, porque sei que vocês amam o Líbano e que responderão a este chamado. Sei o quanto vocês querem que o Líbano recupere seu papel histórico a serviço da humanidade, da democracia e da paz no Oriente Médio e no mundo”, ressalta por fim o patriarca libanês.

(Com informações de Vatican News)

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Papa recebe agentes de Segurança Pública Vaticana

O Papa Francisco recebeu em audiência, nesta segunda-feira, 28, na Sala Paulo VI, no Vaticano, os agentes...

Dom Odilo: ‘Até onde vão o nosso temor de Deus e a nossa fidelidade?’

Na missa desta segunda-feira, 28, celebrada na capela de sua residência, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo...

Como evitar golpes financeiros durante a pandemia?

Federação Brasileira de Bancos (Febraban) alerta para o aumento deste tipo de fraude,  que pode ser evitada seguindo-se algumas dicas do Procon-SP

São Vicente de Paulo, apóstolo da caridade

O Santo, recordado neste 27 de setembro, se preocupava com a ajuda material aos mais necessitados, mas, antes de tudo, com a alma de cada um deles

Paróquia Santa Dulce dos Pobres é criada na Arquidiocese de São Paulo

Uma missa na tarde deste sábado, 26, marcou a criação da 305ª Paróquia da Arquidiocese de São...

Newsletter