100 mil pessoas participam presencialmente da festa de São Judas Tadeu

Santuário na zona Sul da cidade adaptou estruturas e equipes de trabalho para que os fiéis expressassem sua devoção ao Santo com toda segurança

Priscila Thomé Nuzzi e Renata dos Santos Souza
ESPECIAL PARA O SÃO PAULO

100 mil pessoas participam presencialmente da festa de São Judas Tadeu
Crédito: Priscila Thomé Nuzzi

Foi grande a afluência de fiéis no Santuário São Judas Tadeu, na Avenida Jabaquara, na zona Sul, na última quarta-feira, 28 de outubro, dia de São Judas Tadeu, o conhecido “Santos das causas desesperadas”.

De acordo com dados da sacristia, cerca de 4,5 mil hóstias foram utilizadas durante o dia e a organização estima que o público passante chegou a 100 mil pessoas.

Os festejos começaram as 5h e seguiram até quase 22h. Foram 11 celebrações e quase todas transmitidas pela internet. Por causa da pandemia, muitas coisas foram diferentes neste ano: não houve missa campal, o número de pessoas na igreja foi limitado e não aconteceu a tradicional procissão.

Ainda assim, foi surpreendente como a fé e a devoção a São Judas Tadeu permaneceram intactas. “Não há pandemia que segure o verdadeiro devoto em casa”, declarou Ana Esmera Santos, após passar pela imagem do Santo.   

O Santuário adaptou-se, com todos os cuidados exigidos em tempo de pandemia: marcação dos bancos, disponibilização de álcool em gel, aferição da temperatura corporal e inscrição prévia para a participação nas missas. As celebrações foram realizadas na “igreja nova”, com capacidade para até mil pessoas em tempos “normais”, mas que neste ano recebeu apenas 200 por missa e também no pátio da Obra Social, que fica na rua ao lado das igrejas.

Na igreja antiga, prevalecia a oração silenciosa dos fiéis que vieram agradecer e pedir graças. Como nos anos anteriores, durante todo o dia, confissões e bênçãos aconteciam simultaneamente. O já tradicional Bolo de São Judas foi vendido em embalagens individuais e o consumo não podia ser feito no local.

100 mil pessoas participam presencialmente da festa de São Judas Tadeu
Crédito: Priscila Thomé Nuzzi

Dom Odilo: recebemos dos santos a herança da fé

O Arcebispo de São Paulo, Cardeal Odilo Pedro Scherer, presidiu a celebração das 17h, transmitida ao vivo pela Rádio 9 de Julho. Concelebrou o Padre Eli Lobato dos Santos, SCJ, Pároco e Reitor do Santuário desde 2018.

Na homilia, o Cardeal mencionou que a comemoração dos Santos Apóstolos é sempre motivo de recordarmos quem somos nós como cristãos, como Igreja: “Lembrando São Judas e outros tantos santos, devemos nos alegrar. Somos parte deles e da mesma Igreja. Recebemos deles a herança da fé que hoje vivemos, que hoje praticamos”.

Dom Odilo disse também que a devoção aos santos implica observarmos seus exemplos no seguimento ao Evangelho: “Vivamos com alegria, profundidade e perseverança essa fé tão preciosa”.

O Arcebispo de São Paulo ressaltou que neste tempo de pandemia, Deus esteve muito mais perto de todos do que se pode imaginar e que Ele não nos abandonou e não abandona os doentes, aqueles que sofrem: “Tanta força encontramos na fé! Não estamos sozinhos!”.

Dom Odilo pediu que a intercessão, o exemplo e testemunho dos apóstolos, nos façam perseverar e que possamos ajudar outros para que também encontrem o caminho de Deus, de força, de fé, do conforto espiritual. “Que Deus nos ajude e que permaneçamos fiéis, firmes na fé da Igreja, na fé que professaram os Santos Apóstolos”, finalizou.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter