Dom Odilo: ‘A Bíblia não é um livro como um outro qualquer’

Disse o Cardeal Scherer na edição do programa ‘Encontro com o Pastor’ da quarta-feira, dia 1o, na rádio 9 de Julho

Luciney Martins/O SÃO PAULO

Na abertura do mês de setembro, em que a Igreja no Brasil dedica especial atenção para motivar os fiéis à leitura, compreensão e maior estudo da Bíblia, o Cardeal Odilo Pedro, na edição do “Encontro com o Pastor”, da quarta-feira, dia 1o, na rádio 9 de Julho apresentou algumas recomendações para a leitura das Sagradas Escrituras.

“Nós queremos ser ouvintes e praticantes assíduos da Palavra de Deus em toda a nossa vida. Por isso, primeiramente, devemos ter a Bíblia em casa, depois lê-la com método, pois a Bíblia não é um livro como um outro qualquer, assim, deve ser lida de uma forma própria, pois, do contrário, não se acaba tirando muito proveito da leitura”, ressaltou o Arcebispo Metropolitano.

Dom Odilo recomendou que se comece a ler a Bíblia pelo Novo Testamento, no qual se detalham as pregações e atos de Jesus; e depois o Antigo Testamento, uma vez que este “lido à luz de Cristo ganha uma nova compreensão. Jesus é luz que ilumina todo o Antigo Testamento”, afirmou, destacando, ainda, que é Cristo quem ajuda a entender as escrituras e o Espírito Santo leva a responder com fé à Palavra de Deus, colocando-a em prática.

O Arcebispo Metropolitano também exortou que neste mês os fiéis assumam o compromisso ler a Bíblia, algo que já é feito por aqueles que participam das missas diariamente – “pois a liturgia da missa está organizada de tal maneira que em três anos nós lemos a Bíblia inteira praticamente” –, e que também pode ser realizado por quem não consegue ir às celebrações de modo frequentemente, mas poderá se programar para neste mês ler por inteiro, ao menos, um dos Evangelhos, os Atos dos Apóstolos ou as cartas de São Paulo, por exemplo.

Por fim, Dom Odilo lembrou que o Mês de Bíblia pode ser ainda ocasião para fazer com que as crianças conheçam melhor a Palavra de Deus, não necessariamente pela leitura direta das Sagradas Escrituras, mas, sim, por intermédio dos pais e catequistas, que podem contar-lhes histórias bíblicas.

CLIQUE E OUÇA A ÍNTEGRA DO PROGRAMA ‘ENCONTRO COM O PASTOR’

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter