‘A capacidade de perdoar e reconciliar-se é importante na vida familiar e na sociedade’

Disse o Arcebispo de São Paulo no seu programa diário “Encontro com o Pastor”, na rádio 9 de Julho

Luciney Martins/O SÃO PAULO

O Cardeal Odilo Pedro Scherer no programa “Encontro com o Pastor”, da quinta-feira, 8, na rádio 9 de Julho, refletiu sobre a primeira leitura do dia (Gn 44,18-21.23b-29;45,1-5), que narra parte da história de José do Egito que foi vendido a mercadores pelos irmãos mais velhos, por causa da inveja e do ciúmes do relacionamento do caçula com o pai.

 “Alguns anos depois, ocorreu uma grande fome e seca em Canaã e os irmãos de José foram para o Egito comprar trigo. Eles não sabiam que era José que cuidava da distribuição do trigo e ao encontrá-lo ficaram com medo de uma represália, mas José foi clemente, os perdoou e ajudou os irmãos a levarem o trigo, marcando um reencontro com o pai”, disse Dom Odilo.

O Arcebispo de São Paulo salientou que José deixou a vingança de lado e teve misericórdia mesmo quando poderia fazer justiça. Segundo o Cardeal, essa história ensina aos cristãos que mesmo quando for difícil é preciso seguir o exemplo de Jesus, que pagava o mal com o bem, pois a vingança pode matar a sede, mas deixa uma ferida e um buraco aberto e isso faz muito mal.

“A capacidade de perdoar e reconciliar-se é importante na vida familiar e na sociedade. Fazer isso nos deixa em paz e bem com todos, isso não significa ser ‘mole’ ou não ter princípios, pelo contrário, nossos princípios nos orientam para as escolhas certas”, concluiu.  

“OUÇA A ÍNTEGRA DO PROGRAMA “ENCONTRO COM O PASTOR”

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter