‘Busquemos a alegria de conquistar irmãos para Cristo’

Cardeal Odilo Scherer (foto: Bruno Mel/arquivo)

Na missa da sexta-feira, 10, o Cardeal Odilo Pedro Scherer ressaltou a missão da paternidade espiritual a qual todos os cristãos são chamados mediante o coerente testemunho da fé.

O Arcebispo de São Paulo presidiu a Eucaristia na capela de sua residência, transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese.

Cisco no olho

No Evangelho (Lc 6,39-42), Jesus continua a pregar à multidão sobre o Reino de Deus e alerta para a hipocrisia daqueles que julgam os outros e não reconhecem próprios defeitos. “Por que vês tu o cisco no olho do teu irmão, e não percebes a trave que há no teu próprio olho?”, indagou o Senhor.

“Essa palavra é um convite para que vivamos mais autenticamente. Não significa que não devamos praticar a correção fraterna que o próprio Jesus nos ensina, mas não deve ser uma correção hipócrita”, explicou Dom Odilo. 

Filho na fé

Já na primeira leitura (1Tm 1,1-2.12-14), São Paulo escreve a Timóteo, referindo-se a ele como “verdadeiro filho na fé”. Ao comentar essa expressão, o o Cardeal sublinhou que o Apóstolo se reconhece como pai espiritual daqueles aos quais anunciou o Evangelho.

“A paternidade na fé significa transmitir a fé e ajudar o outro a encontra-la”, disse, recordando a missão espiritual dos pais naturais, dos catequistas e sacerdotes e enfatizando que essa “paternidade” dura para a vida eterna.

“Que todos busquemos a alegria de conquistar irmãos para Cristo”, reforçou o Arcebispo, lembrando nisso consiste o ardor missionário da Igreja e que essa “conquista”, não se dá por meio de armas ou de violência, mas por meio do testemunho de vida.

Deixe um comentário