Com alta de 15%, varejo paulistano se recupera e chega ao nível pré-pandêmico

Com alta de 15%, varejo paulistano se recupera e chega ao nível pré-pandêmico
Agência Brasil

A movimentação no varejo paulistano em outubro fechou com alta de 15,2% sobre o mesmo mês do ano passado, o que representa crescimento real de 1% para o setor. Os dados são do último Balanço de Vendas, elaborado pelo Instituto de Economia Gastão Vidigal (IEGV) da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), com amostra da Boa Vista S/A.

De acordo com o indicador, o nível de vendas em outubro deste ano na capital paulista foi superior em 1,1% comparado com o mês de 2019.

Seguindo a curva ascendente dos últimos meses, o Balanço de Vendas apontou alta de 17,4% no varejo paulistano sobre setembro. O principal fator para o saldo se manter positivo foi a venda de presentes e itens para o Dia das Crianças, que já havia apresentado 33,8% de alta primeira quinzena de outubro sob o mês anterior.

O economista da ACSP Marcel Solimeo avaliou que o cenário está cada vez mais favorável com o fim das restrições de funcionamento e pelo avanço da vacinação. “A expectativa para novembro é de continuidade do crescimento das vendas do varejo, que será puxado principalmente pelas promoções da Black Friday e pelo e-commerce”, estima.

(Com informações de Associação Comercial de São Paulo (ACSP))

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter