Na Brasilândia, Apostolado da Oração e paróquias fazem momentos formativos

Na manhã de sábado, 11, nas dependências do convento das Mestras Pias Filippini, na Freguesia do Ó, foi realizado o Encontro Regional do Apostolado da Oração, com a assessoria do Padre Eliomar Ribeiro, SJ, Diretor Nacional do Apostolado. O evento contou com a presença de mais de 140 membros do Apostolado e foi concluído com uma celebração eucarística presidida por Dom Carlos Silva, OFMCap., Bispo Auxiliar da Arquidiocese na Região Brasilândia.

(Por Taíse Cortês)

Na Brasilândia, Apostolado da Oração e paróquias fazem momentos formativos, Jornal O São Paulo

João Henrique Fernandes Melo

No domingo, 12, a Comunidade Nossa Senhora das Graças, da Paróquia São Francisco de Assis, Setor Dom Paulo Evaristo, homenageou todas as mulheres presentes na missa presidida pelo Padre Gutemberg Pereira, Administrador Paroquial, em alusão ao Dia Internacional da Mulher.

(Por Marcos Rubens)

Na Brasilândia, Apostolado da Oração e paróquias fazem momentos formativos, Jornal O São Paulo

Glaucio Antônio

Na tarde do sábado, 11, na Paróquia São Francisco de Assis, Setor Dom Paulo Evaristo, o Padre Gutemberg Pereira, Administrador Paroquial, formou o Conselho Paroquial de Pastoral com integrantes das Comunidades Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora das Graças e São Francisco de Assis, além da Irmã Maria de Lourdes Pimentel, que integra a Pastoral da Mulher Marginalizada. Após a nomeação dos conselheiros, foram tratadas as atividades a serem desenvolvidas na comunidade paroquial, tais como as reformas e a administração do dízimo.

(Por Rita Valladares, Sandra Cristina e Marcos Rubens)

A Paróquia Nossa Senhora da Expectação, no Setor Freguesia do Ó, promoveu no sábado, 11, uma manhã de espiritualidade. Organizada e conduzida pelo Padre Cleyton Pontes Silva, Vigário Paroquial, a atividade teve como convidado o Padre Alan Santos Leite, da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no Jardim Japão, que concentrou sua reflexão em Atos dos Apóstolos 2,44. Padre Cleyton dissertou sobre as tentações que Jesus sofreu no deserto (Mt 4,1-11) e lançou perguntas aos presentes para serem respondidas por escrito sobre o “deserto”, ou seja, a pessoa com Deus em seu íntimo, a partir de uma introspecção: “eu-eu”; “eu-próximo” e “eu-Deus”.

(Por JL Freitas)

LEIA TAMBÉM

Brasilândia: Pascom regional realiza encontro formativo

Assine nossa Newsletter

Mantenha-se informado das novidades da Igreja e do Mundo

Clique aqui para assinar!

Deixe um comentário