'Onde está a Igreja, Maria também está'

Em seu programa diário de rádio, o Arcebispo de São falou sobre a festa de Maria Mãe da Igreja

'Onde está a Igreja, Maria também está', Jornal O São Paulo
Luciney Martins /O SÃO PAULO

O Cardeal Odilo Pedro Scherer falou sobre a festa de Maria, Mãe da Igreja no programa “Encontro com o Pastor”, da segunda-feira, 6, na rádio 9 de Julho

A Igreja acaba de celebrar Pentecostes, festa que recorda a vinda do Espírito Santo sobre os Apóstolos e Nossa Senhora.

O Arcebispo de São Paulo comentou que este é dado como o momento do nascimento da Igreja, ocasião em que Maria estava presente para amparar os apóstolos como uma mãe. Por isso, na segunda-feira depois do Pentecostes, se celebra a festa de Maria, Mãe da Igreja.

Esse título já existia na tradição da Igreja, mas foi em 1965 que São Paulo VI oficializou o título de Maria, Mãe da Igreja, e foi o Papa Francisco que introduziu na liturgia a festa na segunda-feira logo após a Solenidade de Pentecostes.

De acordo com Dom Odilo, esta festa faz recordar que “Maria, de fato, é parte da Igreja, ela está no meio da Igreja e por isso podemos dizer, com certeza, que lá onde está a Igreja, Maria também está. E com maior certeza ainda podemos dizer que onde está Jesus, ali está Sua mãe”.

O Arcebispo recordou que já durante a vida de Jesus, podia-se dizer que onde estão os discípulos a Mãe de Jesus também está, por isso é ela, como Mãe da Igreja, acompanha os fiéis sempre com solicitude materna, daquela que olha, que cuida, que se interessa, conforta, corrige, chama atenção quando precisa.

Por fim, o Cardeal Scherer recomendou que, a todo tempo, se reze o Terço e se preste homenagens a Nossa Senhora.

OUÇA A ÍNTEGRA DO PROGRAMA “ENCONTRO COM O PASTOR”

Deixe um comentário